Menu
Busca Ter, 26 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Esporte

Libertadores: com um a menos, Flamengo segura empate com Racing

Vaga para as quartas será definida na próxima terça no Maracanã

25 novembro 2020 - 06h27Por Plantão de notícias - N.V.

O Flamengo foi, nesta terça (24), ao estádio Presidente Perón para enfrentar o Racing (Argentina) na partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. O objetivo era a vitória, mas o empate em 1 a 1 acabou sendo um bom resultado pelas circunstâncias, em especial a expulsão do zagueiro Thuler.

Gols no primeiro tempo

O jogo começou sob chuva intensa, que não atrapalhou em nada o confronto, realizado no ótimo gramado do El Cilindro de Avellaneda. Nos primeiros minutos o time argentino se postou de forma adiantada, pressionando a saída de bola da equipe brasileira.

E essa pressão dá resultado aos 12 minutos, quando Fabricio Domínguez domina a bola no meio campo e arranca pela direita. O lateral direito chega à linha de fundo e cruza rasteiro para Fértoli, que escora para vencer o goleiro Diego Alves.

O Flamengo nem dá tempo de o Racing se acostumar com a vantagem, e empata dois minutos depois. Bruno Henrique recebe lançamento na ponta esquerda, se livra da marcação e cruza, de três dedos, para Gabriel deixar tudo igual.

Aos 33 minutos o time brasileiro ficou muito perto da virada, quando Bruno Henrique recebe novamente na esquerda, corta o marcador, mas, ao invés de tocar novamente para o camisa 9, bate com categoria. Mas a bola, por capricho, explode no travessão. Grande lance do atacante. Assim, a igualdade permanece até o intervalo.

Expulsão de Thuler

Quem inicia melhor a etapa final é o Racing, que aos 4 minutos chega a balançar a rede da meta defendida por Diego Alves, mas o gol é anulado por falta no decorrer da jogada.

Aos 11 minutos Gabriel deixa o gramado para entrada de Vitinho. Quatro minutos depois o camisa 11 faz um lindo lance, quando, após receber lançamento, dá um balão em um zagueiro e toca para Arrascaeta marcar. Porém, o lance é anulado pelo árbitro, que assinala impedimento do atacante do Rubro-Negro.

A partir daí o Flamengo começa a valorizar a posse de bola, aumentando seu volume de jogo. E aos 27 minutos o time da Gávea chega novamente com perigo, quando, após boa troca de passes, Filipe Luís recebe na esquerda e cruza para Everton Ribeiro chegar cabeceando.

Três minutos depois a equipe brasileira cria chance clara, quando Vitinho toca para Arrascaeta, que devolve para o camisa 11 chutar, mas a bola vai para fora.

Aos 36 minutos a situação do Flamengo muda completamente, quando o zagueiro Thuler é expulso ao receber cartão vermelho direto após entrar de carrinho em um jogador do Racing. A marcação foi confimada com auxílio do VAR (árbitro de vídeo).

Com um homem a mais, o Racing cresce na partida, mas não consegue transformar a maior posse de bola em oportunidades claras. Assim, o empate perdura até o apito final do árbitro.

Jogo de volta

Agora, a vaga para as quartas de final será definida na próxima terça-feira (1), quando o Flamengo recebe o Racing no estádio do Maracanã. 

Por Agência Brasil EBC

violência contra a mulher 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Casa de Evento na MS-080 reuniu cerca de 15 mil pessoas no sábado no Show de dupla sertaneja
Fronteira
"Gringo Gonzales", considerado um dos mais temidos do mundo do crime, foi preso em PJC.
Fronteira
Pistoleiro que executou policial paraguaio foi preso e transferido para Assunção.
Campo Grande
Festa com aglomeracão é flagrada e organizadores vão parar na polícia.
Oxigênio
Caminhões com carga de oxigênio chegam a Manaus
Covid 19 em MS
Número de casos de Covid-19 continua alto na maioria das cidades do Estado
Vacina
Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca
Acidente
Avião cai em TO com jogadores e presidente do Palmas Futebol
Campo Grande
Incompetência do prefeito Marcos Trad faz usuário do transporte coletivo sofrer
Esporte
Brasileirão: de olho no título, Flamengo encara Athletico em Curitiba