Menu
Busca Seg, 16 de setembro de 2019
(67) 9.9928-2002
JOGADOR TARADÃO?

Neymar nega crime de estupro, diz promotora que acompanhou depoimento

Flavia Merlini também afirmou que Neymar respondeu a todas as perguntas feitas pela delegada Juliana Bussacos, que conduz as investigações

14 junho 2019 - 11h30

O atacante Neymar negou o estupro contra a modelo Najila Trindade, em um hotel de Paris, na França, no último dia 15, no depoimento que está concedendo nesta quinta-feira (13/06/2019) na 6.ª Delegacia de Defesa da Mulher, no bairro de Santo Amaro, na zona sul de São Paulo. A afirmação foi feita pela promotora Flavia Merlini, uma das três especialistas designadas pelo Ministério Público para acompanhar as investigações.

A promotora também afirmou que Neymar respondeu a todas as perguntas feitas pela delegada Juliana Bussacos, que conduz as investigações.

“Ele respondeu a todos os esclarecimentos. A partir de agora, a doutora Juliana (Bussacos) vai tomar outras diligências necessárias até a conclusão do inquérito. Como o inquérito é sigiloso, não podemos divulgar quais serão as outras diligências Ele respondeu todas as perguntas de maneira satisfatórias. Ele negou o crime”, disse a promotora.

“Ele respondeu a todos os esclarecimentos. A partir de agora, a doutora Juliana (Bussacos) vai tomar outras diligências necessárias até a conclusão do inquérito. Como o inquérito é sigiloso, não podemos divulgar quais serão as outras diligências Ele respondeu todas as perguntas de maneira satisfatórias. Ele negou o crime”, disse a promotora.

 

Com informações, Metrópoles.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caso raro!
Um redemoinho de fogo assustou produtores rurais na região rural de Santa Helena de Goiás
Economia
Preço do petróleo sobe após ataques na Arábia Saudita
Campo Grande
É o civismo pré-campanha eleitoral dos Vereadores da capital.
Sequestro
Pai pede para segurar bebê e sequestra criança em praça em MS
Interior
Fogo atinge fazenda de Bodoquena e avança em direção à área urbana
50 TIROS
Casal e criança são mortos com cerca de 50 tiros, em Ponta Grossa
Política
Bolsonaro fala sobre julgamento envolvendo autor de facada
Briga causada pelo dinheiro
MS: Homem que matou amigo por causa de moai vai para prisão domiciliar com tornozeleira
Política
Deputado banca bebida alcoólica com dinheiro público
15MIL
Adolescentes fingem ser clientes para roubar R$ 15 mil em joias