Menu
Busca Sb, 14 de dezembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Futebol

Phillippe Coutinho destaca marcação sob pressão

28 março 2018 - 11h18Por Alcides Bernal
O meia Phillippe Coutinho minimizou a revanche pós 7 a 1 e destacou o poder de marcação da seleção brasileira na vitória por 1 a 0 sobre a Alemanha, terça-feira, em amistoso disputado em Berlim.

"Fechamos os espaços. Pressionamos a marcação e foi importante porque originou nosso gol. Temos que continuar dessa maneira. Sem a bola, temos que tentar defender também", afirmou o jogador.O gol da vitória saiu aos 37 minutos do primeiro tempo graças a essa marcação no campo de ataque. Fernandinho roubou a bola de Gündogan, Willian cruzou da direita e Gabriel Jesus cabeceou. O goleiro Trapp tentou espalmar, mas caiu com a bola dentro do gol.

O triunfo, no entanto, não foi encarado por Phillippe Coutinho como vingança pela humilhante goleada sofrida nas semifinais da Copa do Mundo no Brasil. "Todos os jogos são importantes e encaramos esses jogos como preparação para o Mundial. Hoje foi mais um passo. Fizemos um bom jogo. Soubemos sofrer e saímos com a vitória."

Apesar de os jogadores minimizarem o caráter de vingança, o técnico Tite iniciou a partida com todos os seis convocados que estiveram em 2014 como titulares: Daniel Alves, Marcelo, Fernandinho, Thiago Silva, Paulinho e Willian.

O Brasil ainda fará mais dois amistosos antes da estreia na Copa do Mundo da Rússia. Enfrentará a Croácia, em 3 de junho, e a Áustria, no dia 10. Esses dois duelos contarão com a presença dos convocados para o Mundial. A seleção brasileira está no Grupo E da Copa, ao lado de Costa Rica, Sérvia e Suíça, adversária da estreia, dia 17 de junho, em Rostov-on-Don.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Vereadores aprovam orçamento de mais de 4,3 bilhões para Campo Grande.
Meio Ambiente
Trad comete improbidade, uma atrás da outra, mas é blindado
Corrupção no Judiciário
Juíza presa contrata advogado especialista em delação
Corguinho
Festa de Som Automotivo terminou na Delegacia de Polícia Civil
Três Lagoas
Chuva e granizo faz estrago em Três Lagoas
Brasil
Sonia Guajajara: Bolsonaro é um perigo para o planeta
Crime
Avô de 85 anos foi preso por estuprar netos de 4 e 6 anos
Ponta Porã
Execução sumária na fronteira.
Brasília
Ministro da Justiça não obteve sucesso na abordagem: ex-juíza teve mandato de senadora cassado
Campo Grande
Surgem as Tradicionais favelas na capital