Menu
Busca Qua, 16 de outubro de 2019
(67) 9.9928-2002
futebol

POR VAGA NA SEMIFINAL Operário denuncia União e vai ao Tribunal para eliminar adversário

Por Carol Assis
Nessa quarta-feira o Colorado recebe o Cuiabá, no Luthero Lopes, na primeira partida da semifinal. De acordo com o advogado do Tricolor, Leonardo Fauser, ?o clube promete ir até a última instância da Justiça Desportiva?.

A denúncia é de que o clube de Rondonópolis relacionou o atleta Lucas dos Santos Lopes, de forma irregular. De acordo com a acusação, o atleta teria atuado em quatro jogos, num caso quase idêntico ao que eliminou o Ação da competição e reconduziu o Dom Bosco à fase.

A diretoria do Tricolor só não informou se pediu também um Mandado de Garantia com Efeito Suspensivo, para ?paralisar a comptição até que a denúncia seja julgada?. Caso isso aconteça, o jogo marcado para essa quarta-feira seria adiado.

Como a Procuradoria do TJD deverá pedir digilências para a FMF atestar ou não a irregularidade, a competição corre o risco de não terminar na data prevista (8 de abril).

Cuiabá - Alheio a confusão do rival a delegação do Cuiabá segue viagem hoje para a cidade de Rondonópolis. O Dourado não poderá contar com o zagueiro e capitão Ednei. O defensor cumpre suspensão automática por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Vacina contra o câncer de mama e de ovário deve ficar pronta em oito anos
Nordeste e suas praias
Barreiras instaladas para conter óleo são levadas pelo mar em SE
Ceará
Fortalezenses dão lição de solidariedade em resgate de vítimas de prédio que desabou
Internacional
Hong Kong: protestos obrigam presidente a discursar a portas fechadas
Campo Grande
Marcos Trad deixa escola rodeada de lixo
Coreia do Norte
Kim Jong-un passeia a cavalo em local sagrado e gera boatos sobre mudanças políticas
Politicagem
"Não tem lado A ou lado B", diz Bolsonaro sobre situação do PSL
Brasil e mundo
Vídeo mostra assaltante beijando idosa durante roubo no Piauí: ‘não quero seu dinheiro’
Após vacilo, turma se consolida como implacável e mantém chefes de milícia atrás das grades
STF
Lula, Zé Dirceu, Eduardo Cunha soltos… O que está em jogo no julgamento do STF