Menu
Busca Qui, 21 de outubro de 2021
(67) 9.9928-2002
ESPORTES

Rodriguinho decide e Corinthians vence Fluminense na estreia

Por Carol Assis
A estreia do Corinthians no Campeonato Brasileiro no domingo (15) começou com festa da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) em Itaquera e terminou comemoração da torcida corintiana, graças à vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense.

dois gols corintianos foram marcados pelo meia Rodriguinho, jogador que tem sido decisivo para o time, como no título do Campeonato Paulista conquistado sobre o rival Palmeiras. O volante Richard descontou para a equipe carioca.

A entidade máxima do esporte no país levou a campo bailarinos caracterizados de russos e matrioskas -bonecas tradicionais- em alusão à Copa do Mundo da Rússia. A taça da edição passada do nacional, conquistada pelos donos da casa, também apareceu no gramado, carregada pelo ídolo Marcelinho Carioca.

Já as duas equipes fizeram um primeiro tempo ruim tecnicamente e uma segunda etapa com raras doses de emoção.
 Três clássicos brasileiros estão entre os 25 maiores do mundo; confira

O Corinthians, mais uma vez, jogou com uma formação sem um homem de referência. Desde a saída de Jô para o futebol japonês no final do ano passado, o técnico Fábio Carille não encontrou seu time ideal.

Como jogadores da posição, o treinador conta com Lucca, que deve ser envolvido na negociação por Roger, do Internacional, e Kazim, que segue sem convencer.

O novo reforço deve ser anunciado durante a semana. Ele já atuou nos rivais São Paulo e Palmeiras.

A ausência de um centroavante com presença de área sobrecarrega os meias da equipe, principalmente Rodriguinho. Quando ele não está bem, dificilmente o Corinthians faz uma boa partida.

Os problemas aumentam com a ausência de Jadson, poupado para o jogo de quarta (18) contra o Independiente, na Argentina, pela Libertadores.

Com Clayson e Romero na frente, dois jogadores leves e rápidos, o Corinthians iniciou a partida pressionando o Fluminense, que acuado, marcou da sua intermediária para trás, esperando por uma oportunidade de contra-atacar.

Outra dificuldade encontrada pelos donos da casa foi a opção de Carille em deixar o volante Maycon no banco. Renê Júnior, seu substituto no jogo, não tem a mesma velocidade na saída de bola e chegada ao ataque. Ralf, seu companheiro no setor, é lento e mais marca do que sai para o jogo.

O jogador foi deixado na reserva, de acordo com Carille, pois está em vias de sair para o futebol europeu. O Maycon está negociado com o Shakhtar [Ucrânia], disse o treinador ao canal Fox Sports. A diretoria não confirma se o negócio está fechado.

O time alvinegro rodou a bola de lado a lado sem conseguir espaços para penetrar na defesa do adversário. A solução foi abusar dos chutes de fora da área. Renê Júnior, Romero e Clayson tentaram, sem sucesso, marcar de longe.

O Fluminense, treinado por Abel Braga, mostrou-se eficiente na marcação. Mas quando teve o controle da bola, faltou qualidade para assustar a meta defendida pelo goleiro Cássio. A equipe teve uma oportunidade no primeiro tempo, aos 20 minutos, mas Pedro foi travado na hora do chute.

O gol corintiano foi marcado aos 45 minutos do primeiro tempo por Rodriguinho, até então apagado na partida. Romero insistiu na jogada pelo lado esquerdo do ataque, cortou o marcador e cruzou para o meia finalizar de cabeça.

Na segunda etapa, os donos da casa voltaram desligados. Logo aos 3 minutos, Gum ganhou dividida pelo alto após cobrança de lateral de Ayrton, Pedro desviou e Richard completou para as redes.

O Fluminense quase virou na sequência, depois de um novo lateral cobrado para a área corintiana.

O gol desestabilizou o setor defensivo do Corinthians, que passou a dar espaços para o adversário chegar em rápidos contra-ataques.

Sentindo a pressão, o técnico corintiano decidiu colocar Maycon em campo para desafogar a saída de bola e ter a chegada de um elemento surpresa na área rival. Renê Júnior foi o escolhido para sair.

Com a mudança, o Corinthians passou a dominar as ações novamente e marcou o gol da vitória aos 40 minutos da etapa final. Rodriguinho, novamente, foi decisivo.

A equipe alvinegra volta a campo na quarta-feira (18), às 21h45, contra o Independiente, na Argentina, pela Taça Libertadores.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians enfrenta o Paraná no próximo domingo (22), às 11h, fora de casa. Com informações da Folhapress.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Foto de Eduardo Bolsonaro como 'sheik' em Dubai causa onda de críticas; deputado defende gastos
Saúde
Em evento histórico, primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS
Educação
Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes
Direito
Hipertensão: Quem possui essa condição pode requerer o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez?
Geral
Facebook, Instagram e Whatsapp têm problemas de acesso nesta segunda
Economia
Ministro defende uso de reservas para capitalizar banco do Brics
Saúde
Ministro chega ao Brasil um dia após testar negativo para covid-19
Brasíl
Eleitores voltam às urnas em 19 cidades para escolha de novo prefeito
Campo Grande
Com ventos de 68 Km/h e 145 mil raios, temporal deixou 13 mil pessoas no escuro
Política
Lei que define sobras de voto em eleições proporcionais é sancionada