Menu
Busca Qua, 22 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Esporte

Série B: Chapecoense vence CRB por 3 a 2 na Arena Condá

América-MG supera Paraná por 1 a 0

13 dezembro 2020 - 05h00Por AB/EBC esporte

A Chapecoense derrotou o CRB por 3 a 2, neste sábado (12) na Arena Condá, e alcançou os 57 pontos na liderança da classificação da Série B do Campeonato Brasileiro.

Cinco minutos depois é Mike que toca para Anselmo Ramon, que bate forte para superar o goleiro Douglas Borges.

O Galo vai para cima e consegue o empate aos 29 minutos, quando Lucão do Break faz de cabeça após cruzamento de Hugo.

Porém, a Chapecoense não desistiu de buscar a vitória, e conseguiu aos 35 minutos, com um belo gol de cobertura de Foguinho.

Vitória do Coelho

 

América-MG x Paraná-PR

Quem também venceu neste sábado foi o vice-líder América-MG, que superou o Paraná por 1 a 0, e manteve a diferença de 4 pontos para a líder Chapecoense.

Outros resultados da rodada:

Figueirense 1 x 0 Cuiabá

Confiança 0 x 1 Juventude

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eleição 2022
Senado aprovou novo Código Eleitoral e vai à sanção presidencial.
Economia
Dólar fecha acima de R$ 5,30 após anúncio do Banco Central americano
CPI da Covid
CPI: diretor da Prevent Senior é acusado de mentir e passa à condição de investigado
Brasíl
Sem coligações, CCJ do Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Polícia Federal
A Operação Apate cumpre mandados em São José dos Campos
Brasilia
CPI da Covid-19; início da sessão com "rasgação de seda" entre senadores da oposição tentando reverter a impressão negativa da briga causada por senadora e ministro
Brasília
Briga na CPI: presidente da CPi fala que Bolsonaro causa vergonha, senador Marcos Rogério rebate dizendo que a CPI da Covid que faz vergonha a muito tempo.
Tempo e temperatura
Primavera começa com tempo claro e ensolarado em Mato Grosso do Sul
Brasília
CPI termina com sessão em briga, agressão verbal entre senadores e Ministro da CGU.
CPI no Senado Federal
A diferença de pensamento entre os Ministros do STF, Carmen, Nunes Marques e Rosa Weber.
Ministros divergem sobre obrigação de convocados à CPI da Covid