Menu
Busca Sex, 23 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
FRANCISCO DYOGO

Sobrevivente de incêndio no Flamengo recebe alta e deixa hospital

O goleiro Francisco Dyogo, de 15 anos, ficou uma semana internado

15 fevereiro 2019 - 11h00

O jovem atleta Francisco Dyogo, de 15 anos, recebeu alta médica nesta sexta-feira (15). Ele, que é um dos sobreviventes do incêndio que atingiu o CT do Flamengo há exatamente uma semana, estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A tragédia matou dez jogadores.

A informação da alta médica do goleiro foi divulgada pela irmã dele, Nana, pelo Instagram. "A notícia que eu tanto esperava: o nosso guerreiro @dyogo_alves04 recebeu alta do hospital. Muita gratidão a meu Deus", escreveu a irmã de Dyogo.

Antes de Dyogo, quem teve alta foi Cauan Emanuel, de 14 anos, também ferido no mesmo incêndio. Este saiu do hospital na segunda-feira.

Já Jhonata Ventura, o terceiro jogador ferido na tragédia, segue internado, mas já respira desde ontem (14) sem ajuda de aparelhos. O atleta de 15 anos teve 30% do corpo queimado e está no Centro de Tratamento de Queimados do hospital municipal Pedro II.

CORONA 3

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana
Saúde
Covid-19: Brasil soma 541,2 mil mortes e vai a 19,3 milhões de casos
Violência
Em vídeo exclusivo, DJ Ivis pede perdão a Pamella e a todas mulheres
Tempo
Ela vem: frente fria vai derrubar temperaturas para menos de 3ºC e causar geada em MS, diz previsão