Menu
Busca Sex, 14 de agosto de 2020
(67) 9.9928-2002
Esporte

Tóquio-2020 se prepara para realizar Olimpíada com Covid-19, diz comitê organizador

22 julho 2020 - 16h08Por Plantão de Notícias

A Olimpíada de Tóquio estava programada para começar na sexta-feira, mas foi adiada para 2021 por causa da pandemia.

Desde então, os organizadores se esforçam para reorganizar um evento que já vinha sendo preparado há quase uma década, enquanto tentam garantir que a Olimpíada do próximo ano seja segura para atletas, autoridades e torcedores.

Muto disse que, embora os organizadores esperem que a ameaça representada pelo vírus possa ser reduzida, ninguém sabe qual será a situação quando os Jogos começarem em 23 de julho de 2021.

Os organizadores estão assumindo que o coronavírus continuará sendo um grande problema.

“É bastante difícil para nós supor que a pandemia de coronavírus esteja contida”, disse Muto à Reuters. “Mas se podemos realizar os Jogos em Tóquio com coronavírus, Tóquio pode ser o modelo para os próximos Jogos Olímpicos ou outros eventos internacionais.”

Muto afirmou esperar que Tóquio-2020 possa ser a referência em um mundo pós-pandemia.

“Ao entregar os Jogos com sucesso em Tóquio, esperamos fortemente que isso possa criar um legado que está na história da humanidade.”

 

NOVOS PATROCINADORES

O adiamento dos Jogos implicará custos adicionais para os organizadores.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) já estimou que o adiamento custará 800 milhões de dólares, mas o lado japonês tem sido menos acessível em fornecer números exatos.

Muto disse que o número final não será conhecido até dezembro, mas espera que a aquisição de novos patrocinadores, apesar da previsão econômica sombria, ajude a preencher a lacuna.

“Eu sei que as empresas estão em péssimas condições por causa do coronavírus, mas ainda existem empresas que estão se apresentando para dizer que querem patrocinar os Jogos, o que agradecemos muito”, declarou Muto.

“É uma notícia brilhante.”

Muto acrescentou que reuniões serão realizadas a partir de setembro, com membros do governo japonês e do governo metropolitano de Tóquio sobre a melhor forma de reconstruir o apoio público aos Jogos.

Por Reuters

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Senado aprova auxílio de R$ 600 para trabalhadores do esporte Medida beneficia todos os funcionários do setor
Brasil
Brasil ocupa 4ª posição no primeiro índice iberoamericano sobre Govtec
Geral
Moro vai enfrentar a OAB
Polícia
PF cumpre 36 mandados de prisão em oito estados e no DF
Esporte
Atlético-GO supera Flamengo, que continua sem pontuar no Brasileiro Em Salvador, Bahia vence Coritiba por 1 a 0
Esporte
Brasileiro: Atléticos vencem e Botafogo empata na abertura da rodada
Esportes
PSG vence Atalanta no fim e vai à semifinal da Liga dos Campeões
Esportes
Treze abre vantagem sobre rival Campinense na final do Paraibano
Política
Ricardo Barros deputado federal pelo Paraná será o líder do centrão do Bolsonaro
Brasíl
Disputa pelo vice da Fórmula E embola em prova ruim para brasileiros Oliver Rowland vence. Di Grassi, Massa e Sette Câmara ficam em branco