Menu
Busca Sex, 18 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
FÓRMULA 1

Vettel lidera classificação e conquista a pole no GP do Azerbaijão

Por Carol Assis
O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, foi o dono do melhor tempo no treino classificatório e conquistou a pole position do Grande Prêmio do Azerbaijão. Lewis Hamilton foi o segundo colocado e Valtteri Bottas o terceiro, formando uma dobradinha da Mercedes.

Eu senti que o carro estava bom e eu sabia que poderia ter uma boa volta. Acho que será uma corrida intensa. Aqui tudo pode acontecer", declarou Vettel.

Romain Grosjean, da Haas, precisou trocar o câmbio e perdeu cinco posições no grid de classificação.

Após a classificação neste  sábado (28), o GP do Azerbaijão tem a corrida a partir das 9h10 (de Brasília) do domingo (29).

Todos os pilotos começaram o treino classificatório com pneus ultramacios. O primeiro eliminado no Q1 foi Romain Grosjean. Ele entrou na área de escape e deixou a atividade sem marcar tempo.

A Red Bull começou bem e chegou a liderar o Q1, com Ricciardo e Verstappen. Mas, logo em seguida, os carros da Ferrari assumiram a ponta. A 10 minutos para o fim da primeira parte do treino os cinco melhores eram os seguintes: Raikkonen, Vettel, Ricciardo, Hamilton e Bottas.

Raikkonen, Verstappen, Hamilton, Vettel, Ocon e Bottas voltaram para os boxes antes do fim do Q1, já confiantes com seus respectivos tempos.

Vandoorne, Gasly, Ericsson, Hartley e Grosjean foram os eliminados no Q1.

Na segunda parte do treino classificatório, os carros da Ferrari, Mercedes e Red Bull usaram pneus supermacios. Enquanto que os outros pilotos utilizaram os ultramacios. Deste modo, tudo indicava que as escuderias consideradas favoritas tinham a intenção de largar com os supermacios, mais lentos, porém mais duráveis.

Apesar disso, quase todos os pilotos, com exceção de Raikkonen, retornaram para a segunda parte do Q2 de pneus ultramacios.

Após a primeira rodada do Q2, os primeiros colocados eram os seguintes: Hamilton, Bottas, Verstappen, Vettel, Ocon, Ricciardo, Hulkenberg, Sirotkin, Alonso e Pérez.

Com o Q2 concluído, os eliminados foram Stroll, Sirtotkin, Alonso, Leclerc e Magnussen. Enquanto que os dez primeiros colocados foram Raikkonen, Hamilton, Bottas, Verstappen, Ocon, Vettel, Hulkenberg, Pérez, Sainz e Ricciardo.

Os dez pilotos do Q3 retornaram à pista com pneus ultramacios novos. Apenas Hulkenberg e Sainz utilizaram ultramacios usados.

As Mercedes se destacaram nesta fase do treino, Hamilton fez 1min41s840 e Bottas ficou 0s1 atrás. Apesar disso, Vettel bateu em todos em fez excelente volta com 1min41s498. Raikkonen errou na volta e ficou em sexto, 0s9 atrás do colega de equipe. A Ferrari, portanto, saiu na frente na luta pela pole.

Após as primeiras voltas do Q3, os dez primeiros foram Vettel, Hamilton, Bottas, Verstappen, Ricciardo, Raikkonen, Ocon, Pérez, Hulkenberg e Sainz.

Os pilotos trocaram os pneus para a segunda parte e última do treino classificatório.

Hamilton tentou, mas não conseguiu fazer um bom tempo para assumir a pole. O britânico ficou com o segundo lugar e Sebastian Vettel continuou com o melhor tempo. Com informações da Folhapress.

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19
Meio Ambiente
Nuvem de fumaça provocada por queimadas no Pantanal chega ao céu de São Paulo
Brasil
Fumaça do Pantanal faz avião de Bolsonaro arremeter em MT
Três Lagoas
Fogo destrói vegetação, floresta de eucalipto e interdita rodovia em MS
Brasil
Tite convoca a Seleção Brasileira para a estreia nas Eliminatórias
Geral
Do outro lado do balcão De ex-juiz Federal a ex-ministro da Justiça, agora Sergio Moro é o mais "jovem" advogado do Brasil.
Saúde
Uma de 7 infecções de Covid-19 relatadas ocorre em profissionais de saúde, diz OMS
Brasíl
Marco Aurélio suspende inquérito que apura suposta interferência na PF
Brasíl
829 mortos por Covid 19 e 36.330 novos casos de contaminados
STF
COVID NOS PRESÍDIOS Fux renova Recomendação 62 por 6 meses e restringe alcance