Menu
Busca Sex, 19 de julho de 2019
(67) 9.9928-2002
Artigo

"A Saúde vai mal. E pode piorar."

11 abril 2018 - 08h28Por Redação Notícias VIP
O SUS é uma conquista democrática do povo brasileiro que ousou sonhar com um sistema de saúde universal e igualitário, inspirado nas melhores práticas do mundo. Com 2 milhões de profissionais a Enfermagem está na linha de frente do SUS. Diariamente trabalhamos para tornar este sonho possível. Reduzir o abismo entre o SUS que sonhamos e o SUS que vivemos é tarefa árdua. Enfrentamos o sub-financiamento, condições duras de trabalho. Seguimos. Avançamos. Resistimos.

Em seus 30 anos o SUS transformou a Saúde no Brasil. Por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI), o Brasil garante à população acesso gratuito a todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Mais de 90% dos transplantes e tratamentos de alta complexidade como quimioterapia são realizados pela rede pública. O SUS oferece, ainda, assistência integral para pacientes com HIV/Aids, pacientes renais crônicos, pacientes com câncer, tuberculose e hanseníase.

Na contramão desta história, a Federação Brasileira de Planos de Saúde (Febraplan) propôs, nesta terça-feira (10/4), a construção de um sistema de saúde substitutivo ao SUS, fazendo com que os recursos públicos jorrem ainda mais para as empresas privadas. A proposta prejudica os mais vulneráveis criando barreiras ao Direito Constitucional à Saúde, além de multiplicar os custos.

A Constituição Cidadã de 1988 consagrou a Saúde como ?direito de todos e dever do Estado, garantida mediante políticas sociais e econômicas que visam à redução do risco de doença e de outros agravos e possibilitando o acesso universal e igualitário às ações e serviços para promoção, proteção e recuperação?.

Uma das razões do sub-financiamento do SUS é o excesso de benefícios fiscais que os planos de saúde recebem do estado. Esta crise tende a se agravar com a Emenda Constitucional 95 que congela investimentos em saúde, educação e assistência social pelos próximos 20 anos. Como profissionais de Saúde repudiamos este ataque da Febraplan ao SUS. O SUS pertence a cada um dos 208 milhões de brasileiros.

 
Liberdade de expressão

Deixe seu Comentário

Leia Também

Crítica
'La Casa de Papel' faz discurso subversivo e cita o Brasil
Campo Grande
Marcos Trad faz gestão de pura maquiagem
Fronteira sangrenta
A eficiência dos policiais paraguaios
Aviação
Avião faz pouso de emergência em praia dos EUA
JUSTIÇA
Governo de MS publica lei que proíbe venda de canudos plásticos
Ministério Público Federal
Procurador sobre a Lava Jato: 'É o momento mais grave'
Campo Grande
Bebê cai, passa mal e morre em unidade de saúde
Viral nas redes sociais
VÍDEO: Conheça Chico, o cachorro ‘demônio’ que destruiu tudo e deixou dona desesperada
POLÍTICA
Bolsonaro pode extinguir Ancine ou tirá-la de ministério
Polícia
Homicida é preso no interior do Paraná