Menu
Busca Ter, 20 de agosto de 2019
(67) 9.9928-2002
Política

Assessor 2 a Dallagnol: Tudo o que você não precisa é ser associado ao Bolsonaro, “por favorzinho”

Diálogos da Vaza Jato divulgados nesta quarta-feira (14) mostram que Dallagnol evitou evento para não se associar a Jair Bolsonaro, que dias atrás classificou o procurador como "esquerdista tipo PSol"

14 agosto 2019 - 14h30Por Revista Fórum

Classificado por Jair Bolsonaro como “esquerdista tipo PSol”, o procurador Deltan Dallagnol deixou de receber um prêmio da Lava Jato em outubro de 2016 para não ser associado ao então deputado federal. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (14) pelo portal Uol, em parceria com o site The Intercept.

A desistência se deu após insistência de um assessor – identificado como “assessor 2” nos grupos de whatsapp – para que Dallagnol não fosse ao Fórum Liberdade e Democracia, organizado pelo Instituto de Formação de Líderes de São Paulo, em 22 de outubro daquele ano.

“Tudo o que vc e a FT não precisam é serem “associados” ao Bolsonaro. é a mesma coisa que receber prêmio do Foro de BSB. estou quase implorando. Por favorzinho”, disse o assessor.

Diante do apelo, Dallagnol, que já havia decidido comparecer à cerimônia – “porque me parece positivo para a LJ” -, comunicou aos colegas do Ministério Público Federal (MPF) a desistência.

“Caros, apenas FYI [para conhecimento], estou cancelando a ida para o prêmio à FT em SP por revisão da recomendação da ASCOM após sair a programação do evento, que tem perfil muito de direita, com Jair Bolsonaro como um dos vários palestrantes e com homenagem a um vereador de SP que foi um dos líderes do impeachment. Indicarei Roberto Livianu ou Thamea como representantes da FT para receber o prêmio”, escreveu Deltan. O vereador, em questão, é Fernando Holiday, do DEM, um dos líderes do Movimento Brasil Livre (MBL).

Com informações, Revista Fórum.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Famosos
Jatinho de Huck está entre os mais caros financiados pelo BNDES
Caso do Brumadinho
CVM abre inquérito sobre rompimento da barragem em Brumadinho
Roda Viva
"Moro vem perdendo força no governo", diz Alexandre Frota
Política
Witzel consulta Mourão sobre reestruturação do comando da PMRJ
Tempo
Frente fria avança em MS e Inmet faz alerta sobre queda brusca de temperatura
Economia
Dólar volta a subir e fecha no maior valor em três meses
Meio Ambiente
Bruxelas plantará uma árvore para cada recém-nascido
Luta pela democracia
Brasileira que participou de protestos em Hong Kong diz que ameaça chinesa não vai parar manifestantes
Fênomeno raro
FUMAÇA DE QUEIMADAS NA AMAZÔNIA ESCURECE CIDADES DO CENTRO-OESTE E SUDESTE
Além de política, até no entretenimento
Conflitos em Hong Kong chegam ao cinema com Jackie Chan e Mulan