Menu
Busca Sex, 26 de abril de 2019
(67) 9.9928-2002
Confusão

Bate boca de Zeca do PT com passageiros teve início ainda no aeroporto de Brasília

06 abril 2018 - 15h59
O vídeo que circula na internet mostra os passageiros se aproximando da sala de desembarque do aeroporto. É possível ouvir alguns gritos de "Fora PT", "Ladrão" e "Lula na cadeia". Puxando uma pequena mala, o deputado rebate as provocações.

Ao Portal Correio do Estado, na tarde de quinta-feira, o deputado disse que "uma mulher e dois fazendeiros vieram falar umas besteiras para mim, perguntando se estava contente com o julgamento. São pessoas que acham que o Brasil tem que ser deles". Em seu entender, conforme o Portal da capital, uma mulher e dois homens o provocaram sobre o resultado do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula.

Só que a confusão foi iniciada ainda no saguão do aeroporto de Brasília. O Diário MS conversou com um passageiro que estava no mesmo voo. A pedido do jornal, ele fez um relato sobre o que aconteceu.

Diz o passageiro: "Ainda é quinta-feira, o dia nem amanheceu direito, mas alguns deputados federais, como de costume, já estão saindo de Brasília. Na fila, o ex governador de Mato Grosso do Sul chega e se junta aos idosos para o embarque".

O relato continua: "Uma idosa, na frente do ex-governador, ao reconhecê-lo, perguntou o que ele achou do julgamento do Supremo da noite anterior. Nisso, Zeca se exaltou muito, bateu boca com a senhora na fila do embarque, chegando a falar diversas palavras de baixo calão, como  vadia, vagabunda, golpista etc".

De acordo com o passageiro que tudo acompanhou atentamente, "a confusão continuou até chegar no avião, precisando uma aeromoça intervir e falar que se a confusão não parasse, que todos seriam desembarcados".

O passageiro relatou ainda que no mesmo voo estavam o deputado federal Geraldo Rezende (PSDB) e diversos fazendeiros que foram a Brasília para a acompanhar a votação de questões rurais no Congresso.

O passageiro diz: "Um dos pecuaristas, ao ver a situação, saiu em defesa da senhora e levantou a bandeira nacional. E Zeca mandou ele enfiar a bandeira no rabo. Que ele era um latifundiário de direita que só pensava em acabar com os empregos".

O clima esquentou ainda mais e o deputado petista pediu que os comissários de bordo assegurassem que ele viajaria tranquilo. E assim o voo teve início, partindo do aeroporto de Brasília.

Mas, já no aeroporto de Campo Grande, com a aeronave em solo, o bate boca recomeçou.

De acordo com o passageiro, "antes ainda de abrir a porta do avião, Zeca, sem ninguém falar com ele, saiu da sua cadeira e foi novamente bater boca com a mesma senhora. Nisso, vários passageiros que já estavam horrorizados com a atitude do ex-governador começaram com mais insultos".

Foi quando ocorreram mais manifestações de outros passageiros. "Ele foi chamado de bandido, falaram dos processos do Zeca e as pessoas também gritaram Lula na cadeia!", continua o relato.

Os ânimos se exaltaram ainda mais: "Zeca ficou totalmente desequilibrado quase indo às vias de fato com alguns passageiros. Uma aeromoça deu uma lavada no deputado federal, repreendendo que ele estava dentro de uma aeronave, que o mesmo tinha pedido proteção e que isso foi assegurado e que agora ele tinha se dirigido desde o fundo do avião para atacar as pessoas e que aquilo não era aceito".

Quase finalizando o relato, o passageiro contou ao Diário MS: "Descemos do avião com os gritos de "bandido", "sua teta secou" e "Lula na cadeia".  E Zeca ameaçando que o dia dos latifundiários ia chegar e muitas outras palavras de baixo nível".

E o passageiro ainda disse: "Você não imagina o barraco. Eu só não gravei porque o deputado estava tão descontrolado que era capaz de agredir".

Já em Dourados, ao ver o vídeo gravado na chegada ao aeroporto em Campo Grande, o passageiro ainda acrescentou na conversa com o Diário MS: "Eu tinha que ter gravado. Foi muito pior que isso".


Banner da campanha da dengue

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUSTENTABILIDADE
CONHEÇA A CIDADE INDIANA QUE FUNCIONA 100% COM ENERGIA SOLAR
POLICIA
Criança confirma que teve de beber Catuaba e foi violentada por padrasto
POLÍTICA
Justiça nega pedido de Flávio para parar investigação sobre Queiroz
FAMOSOS
Após Xuxa falar de Sasha e uso de maconha, Record entra em total estado de “desespero”
ECONOMIA
Gasolina volta a subir na segunda-feira
E o Bernal? E essa estranha política do Velho Centro-Oeste? Parte 1
ESTIOLANATO
Advogado perde quase R$ 28 mil após entregar cartão cortado
INTERIOR
Motorista sai do PR com promessa de frete em MS, acaba vítima de bandidos e tem caminhão roubado
FRONTEIRA
Paraguai expulsa 12 estudantes brasileiros de medicina
BRASIL E MUNDO
Suspeito de ataque no Sri Lanka teria sido expulso de grupo extremista