Menu
Busca Ter, 24 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Amapá

Bolsonaro promete MP isentando consumidores do Amapá de conta de luz

22 novembro 2020 - 07h00Por AB news

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado que irá assinar em breve Medida Provisória compensatória a todos que foram prejudicados no Amapá pela crise energética que assolou o Estado, pontuando que a iniciativa foi alinhavada com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

“Por decisão num primeiro momento do presidente do Congresso Nacional procuramos o ministro da Economia, Paulo Guedes, já ouvimos todos os órgãos interessados, os responsáveis, e estamos na iminência de assinar uma Medida Provisória para dar uma medida compensatória a todos que foram prejudicados com essa falta de energia”, afirmou ele após visitas às subestações Santana e Santa Rita, em Macapá, onde novos geradores foram acionados.

Bolsonaro afirmou que o restabelecimento da energia está se aproximando de 100%, o que deve ser atingido “nos próximos dias”. 

Segundo o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, a MP irá isentar consumidores do Amapá de pagarem pela energia elétrica por 30 dias anteriores à edição da medida.

Ele afirmou que o Ministério do Desenvolvimento Regional também disponibilizou mais de 21 milhões de reais para atender os mais carentes do Estado e disse que a Petrobras está doando 500 mil reais em cestas básicas para as famílias carentes do Amapá.

Presente na fala à imprensa, Alcolumbre indicou que, na prática, a energia do povo amapaense será paga no mês de novembro por meio da MP. 

A decisão de Bolsonaro ir ao Amapá apenas depois de mais de duas semanas da crise no Estado veio depois de reunião com Alcolumbre em que o senador pediu ao presidente que visse pessoalmente a situação no Estado.

O Amapá está desde o dia 3 deste mês com fornecimento intermitente de energia, depois que um incêndio derrubou a subestação de energia. Nos primeiros quatro dias, o Amapá ficou totalmente sem energia.

Apenas no dia 7 o governo federal começou o envio de geradores ao Estado, o que recuperou a energia em 80% dos municípios, mas apenas por algumas horas por dia, em rodízio. Na quarta-feira, o Amapá passou por mais um apagão. 

pedofilia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Prefeitura de Campo Grande fecha contrato de R$ 3 milhões para uniformes escolares
Brasíl
Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves
Crime Organizado
PF combate, no Rio, furtos de encomendas nos Correios
Internacional
Hong Kong fechará bares e clubes noturnos pela 3ª vez devido a novos casos de Covid-19
China
China anuncia erradicação da extrema pobreza nos últimos condados pobres
Russia
De olho em mercados externos, Rússia diz que sua vacina contra Covid-19 custará menos de U$20
Campo Grande
Corrupção no Detran-MS leva PF a escritório que liga filho de Reinaldo à ‘gerência’ de propina na Vostok
Campo Grande
Covid-19 causou 741 mortes e há mais de 1,1 mil pessoas isoladas em casa
Sertanejo
Morre Francisco Camargo, pai de Zezé de Camargo e Luciano.
Campo Grande
Comerciantes e consumidores reclamam de multas, sujeira e falta de estacionamento na 14 de julho na capital.