Menu
Busca Qui, 03 de dezembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Operação Rastilho

Brigadas do Exército iniciam operação para fiscalizar explosivos em MS

25 abril 2018 - 16h24Por Redação Notícias VIP
Começou ontem (24) a quarta edição da Operação Rastilho, desenvolvida pelo Exército Brasileiro para fiscalização e controle da produção, armazenamento, comercialização, transporte e utilização de explosivos e produtos correlatos. O objetivo é combater a atuação desses produtos em atividades criminosas. A ação acontece em todo o país.

Na área de responsabilidade da 9ª Região Militar, que abrange Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e o município de Aragarças (GO), a fiscalização está sendo feita por militares da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada de Dourados, 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, sediada em Corumbá, e da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, sediada em Cuiabá (MT).

A operação é coordenada pela Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados e conta com a participação de órgãos de segurança e ordem pública e agências governamentais.

De acordo com a assessoria do Exército, a operação vai atingir pelo menos 40 empresas e foi planejada com base no trabalho de inteligência e outros dados operacionais.

Desde 2015, quando ocorreu a primeira edição da Operação Rastilho, a fiscalização tem alcançado resultados positivos, segundo a avaliação do Exército, colaborando para coibir o uso de produtos controlados pelo Exército em atividades ilícitas.

Na operação do ano passado, sete empresas de extração de minérios, prestadoras de serviços de detonação para construção civil e depósitos de explosivos de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foram autuadas por infringirem a legislação sobre estoque e armazenamento de explosivos, como a dinamite.
violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Estadual de Futebol 2020: empate por 1 a 1 garante classificação do Operário à semifinal
Campo Grande
Especialistas veem na energia fotovoltaica oportunidades para desenvolvimento na agricultura familiar
Campo Grande
Morreu na frente de presidio em Campo Grande de onde tinha acabado de sair.
Mundo
PF cumpre cinco mandados de prisão por tráfico de drogas
Judiciário
Bicho e Pantanal Cap sofrem investidas do Gaeco e outras forças policiais por ordem do TJ
Campo Grande
Operação Omertà, fase Black Gay, cumpre mandados no combate ao jogo do bicho e ao Pantanal Cap
Justiça
Ação popular movida por 500 advogados pede anulação das eleições municipais de 2020
Campo Grande
Operação Omertà tem mais uma fase sendo cumprida hoje 2/11/2020
Brasil
Bolsonaro afirma que "Auxílio Emergencial não é eterno, vai acabar".
Brasíl
Mato Grosso do Sul busca parceria do BRB para ampliar linhas de financiamento