Menu
Busca Seg, 18 de outubro de 2021
(67) 9.9928-2002
Operação Rastilho

Brigadas do Exército iniciam operação para fiscalizar explosivos em MS

25 abril 2018 - 16h24Por Redação Notícias VIP
Começou ontem (24) a quarta edição da Operação Rastilho, desenvolvida pelo Exército Brasileiro para fiscalização e controle da produção, armazenamento, comercialização, transporte e utilização de explosivos e produtos correlatos. O objetivo é combater a atuação desses produtos em atividades criminosas. A ação acontece em todo o país.

Na área de responsabilidade da 9ª Região Militar, que abrange Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e o município de Aragarças (GO), a fiscalização está sendo feita por militares da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada de Dourados, 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, sediada em Corumbá, e da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, sediada em Cuiabá (MT).

A operação é coordenada pela Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados e conta com a participação de órgãos de segurança e ordem pública e agências governamentais.

De acordo com a assessoria do Exército, a operação vai atingir pelo menos 40 empresas e foi planejada com base no trabalho de inteligência e outros dados operacionais.

Desde 2015, quando ocorreu a primeira edição da Operação Rastilho, a fiscalização tem alcançado resultados positivos, segundo a avaliação do Exército, colaborando para coibir o uso de produtos controlados pelo Exército em atividades ilícitas.

Na operação do ano passado, sete empresas de extração de minérios, prestadoras de serviços de detonação para construção civil e depósitos de explosivos de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foram autuadas por infringirem a legislação sobre estoque e armazenamento de explosivos, como a dinamite.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Em evento histórico, primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS
Educação
Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes
Direito
Hipertensão: Quem possui essa condição pode requerer o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez?
Geral
Facebook, Instagram e Whatsapp têm problemas de acesso nesta segunda
Economia
Ministro defende uso de reservas para capitalizar banco do Brics
Saúde
Ministro chega ao Brasil um dia após testar negativo para covid-19
Brasíl
Eleitores voltam às urnas em 19 cidades para escolha de novo prefeito
Campo Grande
Com ventos de 68 Km/h e 145 mil raios, temporal deixou 13 mil pessoas no escuro
Política
Lei que define sobras de voto em eleições proporcionais é sancionada
Brasília
Senado aprova texto-base de nova Lei de Improbidade Administrativa