Menu
Busca Sáb, 23 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Politico

Bruno Covas é internado para realização de exames

Prefeito sentiu desconforto abdominal entre terça e quarta-feira

14 maio 2020 - 13h00Por Lilian Brandão/agbr

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, foi hospitalizado na noite de ontem (13), após sentir um desconforto abdominal entre terça e quarta-feira. Ele passará por uma avaliação clínica completa. Segundo o boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio Libanês, os resultados iniciais dos exames sugerem tratar-se apenas de uma colite, inflamação do cólon.

Segundo o boletim médico, Covas está clinicamente muito bem, em observação médica enquanto aguarda a conclusão de exames complementares.

A agenda do prefeito para hoje (14) indica que ele cumprirá seus compromissos normalmente do seu gabinete com três reuniões marcadas por videoconferência a partir das 15h.

Covas continua em tratamento com imunoterapia contra um câncer na região dos gânglios linfáticos. Segundo boletins médicos divulgados anteriormente, a medicação está sendo eficaz no combate à doença.

O prefeito Bruno Covas vem sendo acompanhado pelas equipes coordenadas pelos médicos David Uip, Roberto Kalil Filho, Artur Katz e Tulio Eduardo Flesch Pfiffer.

Edição: Lílian Beraldo

racismo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Covid 19 em MS
Boletim Covid-19 deste sábado registra óbitos em 12 municípios
Alimentação
Governo federal se compromete com isenção de exportações para o PMA
Educação
O que é preciso saber para o segundo dia do Enem
Campo Grande
Marquinhos Trad cobra impostos e taxas da população de Campo Grande e não realiza serviços públicos.
Vacina
Fiocruz libera neste sábado distribuição de vacina aos estados
Tempo e temperatura
Meteorologia prevê sábado com pancadas de chuva e máxima de 33°C
Nioaque
Prefeito de Nioaque é o primeiro a ser investigado por tomar vacina destinada a indígenas
Judiciário
Em posse do TJMS, Reinaldo Azambuja destaca importância do Poder Judiciário no combate à pandemia
Vacina
Amazonas receberá cota extra de vacinas para frear pandemia
Brasíl
Número de casos de covid-19 chega a 8,75 milhões no Brasil Doença já fez mais de 215 mil vítimas