Menu
Busca Qua, 28 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
Vergonha

Camisas das Spice Girls são produzidas em fábrica que explora mulheres

As funcionárias recebem R$ 1,70 a hora e são alvos de insultos e perseguição

21 janeiro 2019 - 09h00

Uma investigação do Guardian revelou que as camisas promovidas pelas Spice Girls em prol de organização que luta por igualdade de gênero são produzidas em uma fábrica de Bangladesh, onde as mulheres ganham R$ 1,70 a hora e são alvos de insultos e perseguição.

Nada poderia contrastar mais com o intuito da campanha. Toda a renda da coleção será revertida para a Power Up, campanha por igualdade de gênero da Comic Relief, organização britânica de caridade.

O jornal britânico apurou que a fábrica que produz as camisetas com os dizeres #IWannaBeASpiceGirl (‘Quero ser uma Spice Girl’) são produzidas numa fábrica onde a maioria dos empregados são mulheres, que dizem ser forçadas a trabalhar 16 horas por dia e insultadas quando não atingem as metas pretendidas.

Há casos de funcionárias da fábrica - que pertence a um ministro do governo de Bangladesh -, que desmaiaram durante o trabalho. Uma das empregadas indicou à publicação que trabalha em condições desumanas e que nem ela consegue comprar roupa para os filhos.

As camisas, vale ressaltar, são vendidas por £ 19,40 (R$ 93,6) cada, sendo que £ 11,60 libras (R$ 55,9) de cada venda são revertidas para a campanha. A Comic Relief, porém, indicou que ainda não recebeu nenhum valor e se diz “chocada a revoltada” com a notícia. Um porta-voz das Spice Girls também já se pronunciou, dizendo estar “profundamente chocado e estupefato”.

 

 

Informação Notícias ao Minuto

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana