Menu
Busca Seg, 01 de março de 2021
(67) 9.9928-2002
GRIPE

Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começa dia 23 de abril

Por Carol Assis
O início da 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza está marcado para o dia 23 de abril. Em Mato Grosso do Sul, a meta é vacinar pelo menos 90% do público-alvo, o que representa 663.656 pessoas.

 A campanha vai até o dia 1° de junho. O Dia de Mobilização Nacional -Dia D será realizado em 12 de maio. 

O público-alvo da campanha envolve crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, professores, profissionais da saúde, povos indígenas, indivíduos com 60 anos ou mais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população carcerária e funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, de qualquer idade.

O governo do estado afirma que no início da campanha, os seguintes grupos prioritários serão imunizados: profissionais de saúde, crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas e professores.

A partir do dia 12 de maio a vacinação será estendida para a população com idade acima de 60 anos. Para os demais grupos, a campanha estará disponível apenas no dia 21 de maio.

As estratégias de vacinação no Brasil, conforme o Ministério da Saúde, são decisões respaldas em bases técnicas, científicas e logísticas, evidência epidemiológica, eficácia e segurança do produto.

Dados oficiais mostram que, as campanhas têm contribuído na redução da mortalidade em indivíduos portadores de doenças crônicas, tais como doença cardiovascular, acidente vascular cerebral (AVC); doenças renais, diabetes, pneumonias, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC); dentre outras.

Entre as possíveis condições de risco para a ocorrência de complicações por influenza, a presença de pelo menos uma comorbidade foi mais frequente entre os acometidos.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa, de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção.

No que diz respeito a parte técnica da vacina, a Organização Mundial de saúde (OMS), recomendou, em setembro de 2017, a composição da vacina Influenza, a partir das cepas de vírus a serem utilizados na campanha de 2018 para a produção da vacina trivalente no hemisfério Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Leão
Prazo para entregar declaração do Imposto de Renda começa hoje
Campo Grande
A sujeira virou tradição em Campo Grande
Oportunidade
Evento on-line da Sedhast para os 79 municípios de MS começa nesta segunda-feira
Campo Grande
Prefeitura gasta muito recurso público, mas não consegue resolver problemas de semaforizacão, causando riscos e prejuízo à população.
Geral
Temporada de pesca começa com cota de 2020 valendo: um exemplar e cinco piranhas
Tempo
Março terá acumulados de chuva e calor acima da média em Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Presidente do TJ recebe visita do Cônsul da República do Líbano
Covid 19 em MS
SES inicia tratativas para evitar que nova variante do coronavírus chegue no Estado
Covid 19 em MS
Com situação de leitos preocupante, Capital registra 542 novos casos de Covid -19 nas últimas 24 horas
Saúde pública
Sejusp e Hospital do Amor firmam parceria em benefício de servidores