Menu
Busca Dom, 26 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Saúde

Chefe da OMS faz apelo para que países continuem esforços no combate ao coronavírus

09 junho 2020 - 07h00Por Val. Marques

A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez um apelo nesta segunda-feira para que os países continuem com os esforços de contenção do novo coronavírus, ressaltando que a pandemia está piorando globalmente e ainda não atingiu seu pico na América Central.

“Mais de seis meses desde o início da pandemia e este não é o momento de nenhum país pisar no freio”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em um briefing on-line.

O Dr. Mike Ryan, principal especialista em emergências da OMS, disse que os casos de infecção nos países da América Central ainda estão aumentando.

“Acho que este é um momento de grande preocupação”, disse Ryan, pedindo forte liderança governamental e apoio internacional à região.

Maria van Kerkhove, epidemiologista da OMS, disse durante o briefing que uma “abordagem abrangente” é essencial na América do Sul.

Ryan disse que a necessidade agora é se concentrar na prevenção de segundos picos de Covid-19, a doença respiratória causada pelo coronavírus, que já infectou mais de 7 milhões de pessoas e matou mais de 400 mil.

“Isso está longe de terminar”, disse van Kerkhove.

Por Stephanie Nebehay

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Croquete de mandioca com carne: petisco saboroso e prático
Politicos
Vai vendo Brasil!
Religiosos
Padre é preso por desviar dinheiro da igreja para orgias gays e drogas
Brasil e Mundo
Covid-19: Brasil registra 19,4 mil casos e 699 mortes em 24h
Justiça
STF decide se os estados devem pagar hospitais pela tabela SUS
Geral
Anatel aprova leilão da exploração do acesso móvel na tecnologia 5G
Inclusão
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência
Campo Grande
Preso em ação contra corrupção em MS era o 'braço direito' do ex-prefeito e 'quem assinava os cheques', diz polícia
Operação Policial
Polícia Federal faz operação para combater fraude no INSS do Amazonas
Campo Grande
Ameaça de delação de Gilmar Olarte causa 'espanto', afirma procurador-chefe do MP