Menu
Busca Qui, 04 de junho de 2020
(67) 9.9928-2002
Polêmica nas redes sociais

Eduardo Bolsonaro ironiza sigla LGBT em camiseta

Para ele, a camiseta mostra que "o conceito de LGBT foi atualizado com sucesso"

14 outubro 2019 - 10h45Por Notícias ao Minuto

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deputado federal Eduardo Bolsonaro publicou, neste sábado (12), uma foto em que ironiza a sigla LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros). Na imagem, ele usa camiseta em que a sigla da comunidade foi substituída por Liberdade, Armas, Bolsonaro e Trump. 

 

Para ele, a camiseta mostra que "o conceito de LGBT foi atualizado com sucesso". A deputada federal Bia Kicis publicou um vídeo em que mostra o deputado, seu companheiro de partido, usando a camiseta e no qual explica a "atualização do conceito". 

Os deputados ironizam a sigla enquanto o relatório População LGBT Morta no Brasil em 2018, realizado pelo Grupo Gay da Bahia, revelou que a cada 20 horas uma pessoa LGBT é assassinada no Brasil, o que torna o país o recordista mundial de crimes contra minorias sexuais e de gênero, incluindo os países onde a homossexualidade é ilegal. 

O relatório também aponta que os assassinatos de pessoas LGBT se destacam pelos "requintes de crueldade, muitos golpes, múltiplos instrumentos, tortura, latrocínio e destruição\incêndio do cadáver e patrimônio característicos".  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Trad usa subterfúgio para fazer campanha extremporanea.
Brasil
George Floyd estava infectado com novo coronavírus, revela autópsia
Coronavirus
Brasil inicia neste mês testes com vacina contra covid-19
Saúde Pública
Covid-19: Brasil tem 584.016 casos confirmados e 32.548 mortes
Geral
A água no Brasil: da abundância à escassez
Interior
Em Rio Verde uma ponte de madeira cai e deixa população isolada.
Polícia
PRF e PF apreendem carreta com mais de 5 mil quilos de maconha
Saúde
Brasil inicia neste mês testes com vacina contra covid-19
População carcerária
Coronavírus infecta 780 presos e 362 profissionais de segurança no DF
Racismo
"Sem justiça não há paz": milhares protestam contra morte de Floyd em Londres Por Michael Holden e Dylan Martinez