Menu
Busca Qua, 14 de abril de 2021
(67) 9.9928-2002
Educação

Em greve, servidores discutem com Governo legalidade de incorporação salarial

11 abril 2018 - 14h13Por Redação Notícias VIP
Considerado o primeiro diálogo com o Governo do Estado desde os protestos na Assembleia Legislativa, no início do mês, a reunião com servidores da Educação que iniciaram greve nesta semana ocorre em duas partes. No período da manhã, houve uma primeira discussão e a retomada do debate está marcada para às 15 horas desta quarta-feira (11).

Presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores da Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira disse ao Jornal Midiamax que o encontro desta manhã se deu com a equipe jurídica do Estado, incluindo o procurador-geral Adalberto Miranda.

Jaime afirma que no momento a discussão está focada na legalidade da incorporação do abono de R$ 200 no salário dos servidores já este ano. A proposta apresentada pelo Governo e aprovada por deputados prevê que a incorporação ocorra em março de 2019, com algumas condições, como por exemplo o cumprimento do limite da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal).

Na análise do Governo, a incorporação do abono não pode ser feita agora em razão da legislação eleitoral e da própria LRF. Informações rebatidas pelo sindicato que representa os servidores.

?Discordamos do ponto de vista dele [Governo]. Apresentamos documentação com tese jurídica sobre o assunto, não houve nova proposta, mas consideramos essa conversa como abertura de diálogo depois dos protestos na Assembleia?, diz Jaime.
O debate ocorrido nesta manhã será retomado às 15 horas de hoje. Segundo a Fetems, a greve iniciada ontem tem adesão de 80% dos servidores, e já traz problemas para abertura de escolas em cidades do interior, como Aquidauana, Dourados e Três Lagoas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasília
Governo simplifica regras para aumento de cobertura de rádios FM
Desemprego
Impacto da pandemia é maior para trabalhadores jovens, diz Ipea
Covid 19 em MS
Após confirmação de 2 variantes em MS, especialista sugere "mais controle"
Estudos apontam que variante P2 veio do Rio de Janeiro, mas é considerada menos letal que a P1, de Manaus
Auxílio emergencial
Auxílio do Estado poderá contemplar quase 20 mil famílias em Dourados
Trânsito
Mudanças no CTB: Nova Lei proíbe o transporte de menores de 10 anos em motocicletas
Motorista
Detran lança e-book e hotsite com todas mudanças do Código de Trânsito Brasileiro
Meteorologia
Quarta de tempo parcialmente nublado e pancadas de chuva no centro-sul do Estado
Brasília
Senador diz ter assinaturas para ampliar investigação da CPI da Covid
Geral
Pandemia aumenta em 20% os acidentes domésticos com crianças
Brasil
Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea