Menu
Busca Sáb, 31 de outubro de 2020
(67) 9.9928-2002
Simples Doméstico

Empregados domésticos tem até hoje para pagar guia do eSocial

06 abril 2018 - 11h15Por Redação Notícias VIP
O prazo para os empregadores domésticos pagarem o Documento de Arrecadação do eSocial (DAE) referente a março termina nesta sexta-feira (6). Como o dia 7, tradicionalmente usado como data-limite para o pagamento da guia, cai no sábado este mês, o prazo foi antecipado em um dia.

O Simples Doméstico reúne em uma única guia as contribuições fiscais, trabalhistas e previdenciárias que devem ser recolhidas. Para a emissão da guia unificada, o empregador deve acessar a página do eSocial na internet. Se não for recolhido no prazo, o empregador paga multa de 0,33% ao dia, limitada a 20% do total.

No eSocial, o empregador recolhe, em documento único, a contribuição previdenciária, que inclui o valor descontado da remuneração do trabalhador (que varia de 8% a 11%) e os 8% de contribuição patronal para a Previdência. A guia inclui 8% de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), 0,8% de seguro contra acidentes de trabalho, 3,2% de indenização compensatória (multa do FGTS) e Imposto de Renda para quem recebe acima da faixa de isenção (R$ 1.903,98 em 2017).
news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil e Mundo
Turquia busca sobreviventes após terremoto deixar 25 mortos no país
Brasil
Caixa libera hoje saque do FGTS para nascidos em setembro e outubro
Brasil
Feriado do dia 2 aumenta em 40% movimentação nos aeroportos
Geral
INSS inicia pagamento de diferenças do auxílio Segundo o órgão, 497 mil segurados estão aptos a receber os valores
Saúde
Brasil registra 508 novas mortes por Covid-19 e total de óbitos vai a 159.477
Brasil
Contas públicas têm déficit de R$ 64,5 bilhões em setembro, diz BC
Judiciário
Justiça do RJ condena desembargadora a pagar indenização por calúnia contra Marielle
Brasil e Mundo
Congresso da Bolívia aprova recomendação de processo contra presidente Jeanine Ánez
Brasil
Mourão aposta que governo comprará vacina chinesa: “Lógico que vai”
Internacional
Milhares de muçulmanos protestam contra comentários de Macron