Menu
Busca Dom, 26 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Santa Catarina

Fenômeno que atingiu Sul de SC foi Tsunami Meteorológico

29 outubro 2020 - 07h00Por Plantão NV

A Epagri confirmou nesta quinta-feira (29) que há um ano houve uma onda do tipo tsunami registrada no Litoral Centro Sul de Santa Catarina. O fenômeno, no dia 29 de outubro de 2019, foi registrado inicialmente em Balneário Rincão, passando por Imbituba, Florianópolis e dissipando próximo a Balneário Camboriú, cerca de duas horas e meia depois.

Aumento repentino da maré assustou banhistas na Guarda do Embaú na época – Foto: Reprodução/ND

Na época, alagamentos repentinos acabaram carregando barcos e carros, trazendo prejuízos para pescadores e moradores da costa.

O que chamou a atenção, segundo o pesquisador da Marinha do Brasil no Rio de Janeiro, Rogério Candella, foi a rapidez e a força do evento.

  •  

Essa semana a editora Springer publicou na íntegra na revista Natural Hazards o “paper” Atmospherically induced large amplitude sea-level oscillations on October 29, 2019 at Santa Catarina, Brazil ii, descrevendo detalhadamente a ocorrência do tsunami de origem meteorológica que atingiu Santa Catarina.

A rede de radares meteorológicos em conjunto com as estações meteorológicas detectaram o evento como um tsunami de características meteorológicas, ou seja, um meteo tsunami.

Causas em Santa Catarina

Em Santa Catarina, a geração dessa onda se deu devido a um alinhamento de uma rápida mudança de pressão atmosférica com as ondas do mar que estavam chegando as águas costeiras mais rasas.

O marégrafo que opera no porto de Imbituba foi fundamental, segundo a Epagri, para a detecção do fenômeno, pois opera em condições análogas à rede mundial de prevenção e detecção de Tsunamis do IOC, registrando o nível do mar a cada 60 segundos.

Registros do nível do mar pela rede maregráfica da Epagri no dia 29 de Outubro de 2019 – Foto: Reprodução

Acompanhando a mudança do nível do mar nos outros marégrafos, se concluiu que este meteo tsunami se caracterizou por duas ondas principais, que no seu ponto máximo atingiram 75 e 118 cm, e que viajaram pela costa de Sul a Norte do estado a uma velocidade de 1,4 km/min.

Por ND+

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Croquete de mandioca com carne: petisco saboroso e prático
Politicos
Vai vendo Brasil!
Religiosos
Padre é preso por desviar dinheiro da igreja para orgias gays e drogas
Brasil e Mundo
Covid-19: Brasil registra 19,4 mil casos e 699 mortes em 24h
Justiça
STF decide se os estados devem pagar hospitais pela tabela SUS
Geral
Anatel aprova leilão da exploração do acesso móvel na tecnologia 5G
Inclusão
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência
Campo Grande
Preso em ação contra corrupção em MS era o 'braço direito' do ex-prefeito e 'quem assinava os cheques', diz polícia
Operação Policial
Polícia Federal faz operação para combater fraude no INSS do Amazonas
Campo Grande
Ameaça de delação de Gilmar Olarte causa 'espanto', afirma procurador-chefe do MP