Menu
Busca Sex, 10 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002

Frota sugere Pabllo Vittar para ministério: ‘No lugar da Damares, faria melhor’

Pediu luta para derrubar Bolsonaro Fez ataque em rede social

16 outubro 2019 - 08h30Por PODER 360

O deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) sugeriu no Twitter na noite desta 3ª feira (15.out.2019) que a cantora Pabllo Vittar comandasse o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos no lugar da ministra Damares Alves.

Ex-aliado do presidente Jair Bolsonaro e ex-filiado do PSL, de onde foi expulso, Frota passou a ser crítico ao governo na rede social. O ataque, desta vez, veio ao comentar declaração que Pabllo Vittar fez depois de ter sido eleita pela revista norte-americana Time como uma das 10 pessoas “líderes da próxima geração”.

A cantora disse que, às vezes, sente “vergonha de ser brasileira” por ter Bolsonaro no comando do país.

Frota então disse para que ela não tenha vergonha, mas que lute para tirar Bolsonaro da Presidência.

“Pablito Vittar tem vergonha de ser Brasileiro por causa do Bolsonaro. Pabllo Vittar, não tenha vergonha de ser Brasileira e sim de ter o Bolsonaro como Presidente. Entre na luta para tirá-lo .Vc no lugar da Damares faria muito melhor, ministra Damares”, disse.

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasíl
Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 10 de julho, segundo consórcio de veículos de imprensa (atualização das 8h)
Campo Grande
Trad remaneja 70 milhões de reais com conivência dos vereadores
Saúde
ESPECIAL-Bolsonaro aposta em "cura milagrosa" para salvar o Brasil, e própria vida, da Covid-19
Política
Maia diz que é grave Bolsonaro tratar de hidroxicloroquina e que políticos não devem recomendar remédios
Política
Ministro pede investigação da PF com base na Lei de Segurança Naciona
Polícia
Força tarefa da federal cumpre ordens judiciais contra executivos das lojas Ricardo
Brasíl
Bolsonaro veta obrigação do governo em oferecer água, produtos de higiene e leitos a indígenas
Saúde
Brasil tem 1,66 milhão de casos confirmados do novo coronavírus
Saúde
Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19
Políciais Federais
Justiça nomeia peritos para conferir serviços de hospitais de campanha