Menu
Busca Qui, 09 de abril de 2020
(67) 9.9928-2002
OPORTUNIDADE

Inscrições para estágio no TJMS termina hoje; TRT muda data da prova

12 abril 2018 - 11h51Por Redação Notícias VIP
Termina hoje (12) o prazo de inscrições para o processo seletivo de estágio do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS). O cadastro pode ser feito no site do Judiciário.

A seleção foca universitários dos cursos de Administração, Arquitetura, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Comunicação Social , Jornalismo, Comunicação Social ,Publicidade e Propaganda, Direito, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Psicologia, Serviço Social, Tecnologia da Informação  Área Desenvolvimento de Sistemas e Tecnologia da Informação  Área Suporte.

O candidato deve imprimir o boleto bancário e pagar a taxa R$ 20 até o dia 13 de abril. A previsão é que as provas ocorram no dia 20 de maio, das 8 às 11 horas, com 28 questões de conhecimento específico, 10 questões de Língua Portuguesa e seis de Noções de Legislação e Noções sobre Direitos das Pessoas com Deficiência.

O gabarito será divulgado no site do Tribunal de Justiça, 48 horas após a data das provas, e os recursos devem ser interpostos em até dois dias úteis após a divulgação do gabarito.

Os aprovados serão classificados de acordo com a pontuação obtida na prova e as vagas para exercício de estágio serão preenchidas no interesse da administração. Ficam reservadas a pessoas com deficiência 10% do total de vagas. O estágio terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por mais um. Serã cinco horas diárias, de segunda a sexta-feira, e o estudante receberá bolsa-auxílio mensal no valor de R$ 764,06 e auxílio-transporte de R$ 162,80.

NOVO PRAZO
A data da prova de seleção para estágio do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (TRT24) mudou. Anteriormente marcada para o dia 20 de maio, o processo seletivo será realizado no dia 27 de maio.

Conforme o tribunal, a mudança foi feita por conta do processo seletivo do TJMS ocorrer nesse mesmo dia 20 de maio. O período de inscrições para o TRT também foi alterado, se estendendo até o dia 14 de maio.

Em Campo Grande há vagas para estudantes do Ensino Médio e Ensino Superior matriculados nos cursos de Direito, Administração, Arquitetura e Urbanismo, Biblioteconomia, Comunicação Social Habilitação em Publicidade e Propaganda, Cursos Relacionados à Área de Tecnologia da Informação, Engenharia Civil e História. No interior, as vagas são apenas para acadêmicos de Direito de Aquidauana, Dourados, Ponta Porã, Fátima do Sul, Jardim, Rio Brilhante, Nova Andradina, Naviraí, Mundo Novo, Três Lagoas, Paranaíba, Cassilândia, Bataguassu e Corumbá.

Há reserva de 10% das vagas por curso e local de estágio para candidatos portadores de deficiência ou necessidades especiais e outros 10% para estudantes afrodescendentes e indígenas.


 A bolsa-estágio para alunos do Ensino Superior é de R$ 950 e de R$ 665 para estudantes de nível médio regular. Os estagiários também receberão auxílio-transporte. O estágio terá duração mínima de seis meses e máxima de dois anos. A jornada diária do estágio é de quatro horas, no período matutino ou vespertino, conforme o interesse da administração.

Os interessados devem se inscrever pela internet, no site da Agência de Estágio realizadora do certame, no endereço eletrônico.
CORONA 3

Deixe seu Comentário

Leia Também

Interior
Dourados: Polícia aprendeu " Del Rei maconha do"
Polícia
Casal é preso traficando drogas
Judiciário
Jamil Name não será solto, apesar de pertencer ao grupo de risco da COVID 19.
Corrupção no judiciário
Mais desembargadores estão com medo da Operação Faroeste, diz delator
Brasil
Mega-Sena, concurso 2250, acumulou e pagará 13 milhões
Polícia
Prisão de traficante, recuperação de veículo roubado e apreensão de drogas no interior do MS
Interior
DOF apreende veículo com cigarros contrabandeados do Paraguai
Brasil e Mundo
Falta de exames na Espanha impede número exato de mortes por covid-19
Brasil
Levantamento mostra desigualdade na distribuição de UTIs do SUS em SP
Campo Grande
Irresponsabilidade de Marquinhos Trad coloca toda a população em risco de morte