Menu
Busca Ter, 17 de setembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Adoção

Mulher tenta na Justiça em MS colocar na identidade nome de duas mães de criação

04 abril 2018 - 09h45Por Redação Notícias VIP
Uma mulher sonha em poder carregar, no documento de identidade, o nome de duas mães e um pai. Esta é a história da aposentada Lucyana Gutierrez, que já anos busca na Justiça a autorização para mudar o registro. "Fui adotada por duas mulheres, uma delas casou e aí eu vivi com os três", disse.

Na época, em 1974, Luciana só foi registrada por uma das mulheres. A mãe Nena, como ela chamava. Após 35 anos, ela deu entrada no pedido de registro de outra mãe de criação, a mãe Fausta. "Quando eu vi que podia, já entrei nisso e perdi várias vezes", comenta.

Após a morte das duas mulheres, Luciana conta que sofreu rejeição do pai de criação. Hoje ela também luta para ter o nome dele, mas, ainda não conseguiu. "Teve muito sofrimento e a minha esperança foi enfraquecendo", lamentou.

Em 2014, no entanto, ela teve uma nova chance e passou 4 anos juntando provas. Fotos, testemunhas e outros fatos para convencer a Justiça. Nesse último mês de março, ela conseguiu o direito e o processo entrou na fase de recurso. Se a família não se manifestar, ela pode ter enfim o tão sonhado nome da mãe Fausta na sua identidade. "É um sonho", finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fenômeno raro
Lua vista de MS fica vermelha por conta de incêndios e poeira, diz especialista em meteorologia
Pediu a mão
Luan Santana faz surpresa e pede namorada em casamento durante voo de balão
Polêmica carioca
Alerj aprova lei que exige prova no Detran para usuários de patinetes elétricos
Pensando no próximo
Dono de ferro velho recupera cadeiras de rodas enferrujadas e doa para deficientes carentes
Cemitério de fetos foi descoberto
Mais de 2 mil fetos humanos são encontrados em casa de médico que fazia abortos nos EUA
Operação
Operação prende vereadores e secretários em Araguapaz
Capital
Rapaz que agrediu outro em Campo Grande por ter urinado no carro dele vai a júri popular nesta terça-feira
Campo Grande
Vereadores proíbem fotos e vídeos nas unidades de saúde em CG
Polêmica
"Temer cometeu novo ato de sincericídio no Roda Viva", diz Dilma Rousseff
Covardia
Idosa é esquecida e fica trancada em posto de saúde em Minas Gerais