Menu
Busca Ter, 14 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002
Adoção

Mulher tenta na Justiça em MS colocar na identidade nome de duas mães de criação

04 abril 2018 - 09h45Por Redação Notícias VIP
Uma mulher sonha em poder carregar, no documento de identidade, o nome de duas mães e um pai. Esta é a história da aposentada Lucyana Gutierrez, que já anos busca na Justiça a autorização para mudar o registro. "Fui adotada por duas mulheres, uma delas casou e aí eu vivi com os três", disse.

Na época, em 1974, Luciana só foi registrada por uma das mulheres. A mãe Nena, como ela chamava. Após 35 anos, ela deu entrada no pedido de registro de outra mãe de criação, a mãe Fausta. "Quando eu vi que podia, já entrei nisso e perdi várias vezes", comenta.

Após a morte das duas mulheres, Luciana conta que sofreu rejeição do pai de criação. Hoje ela também luta para ter o nome dele, mas, ainda não conseguiu. "Teve muito sofrimento e a minha esperança foi enfraquecendo", lamentou.

Em 2014, no entanto, ela teve uma nova chance e passou 4 anos juntando provas. Fotos, testemunhas e outros fatos para convencer a Justiça. Nesse último mês de março, ela conseguiu o direito e o processo entrou na fase de recurso. Se a família não se manifestar, ela pode ter enfim o tão sonhado nome da mãe Fausta na sua identidade. "É um sonho", finalizou.
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Causa repugnância a irresponsável conversinha desse prefeito sobre medicamento reprovados pela medicina.
Brasíl
Justiça determina quebra de sigilo bancário da Backer
Política
Governo vai enviar PL com penas mais rígidas para violência sexual
Saúde
Covid-19: Brasil chega a 72,8 mil óbitos e 1,88 milhão de casos
Brasília
Defesa aciona PGR contra Gilmar Mendes por ministro ter associado Exército a genocídio
Saúde
Crise do coronavírus pode ficar "pior e pior e pior", alerta OMS Reuters Staff
Brasíl e Mundo
Estudante de veterinária levou uma picada da terrível naja tinha outras cobras exóticas
Brasíl
Mulher de Queiroz se entrega e cumprirá prisão domiciliar com marido no Rio
Educação
Bolsonaro nomeia pastor Milton Ribeiro como ministro da Educação
Esporte
Natália Gaudio defende maior longevidade para atletas brasileiras