Menu
Busca Sáb, 04 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002
Saúde

O papel real da dieta na hipertensão/Por Daniel Magnoni

11 abril 2018 - 15h11Por Redação Notícias VIP
Hipertensão (//iStock)

A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é uma condição do organismo caracterizada por níveis elevados e constantes da pressão arterial, quando a pressão se mantém maior que 120×80 mmHg, de uma forma mais geral. Nesse sentido deve-se considerar também as adequações deste nível de acordo com a faixa etária.

A hipertensão é um problema de saúde pública mundial e estima-se que acometa cerca de um bilhão de indivíduos. Ela é considerada um dos principais fatores de risco para a ocorrência de eventos cardiovasculares, que são a principal causa de morte no nosso país. No Brasil, a HAS acomete cerca de 32% dos indivíduos adultos, com prevalências de mais de 50% em indivíduos entre 60 e 69 anos, e de 75% em indivíduos com mais de 70 anos.

Níveis apropriados de pressão são importantes para a manutenção do funcionamento adequado do corpo e de órgãos como cérebro, coração e rins. Como a elevação da pressão causa poucos sintomas em seus estágios iniciais, muitas pessoas que possuem o problema ficam subdiagnosticadas. A detecção precoce, seguida de um acompanhamento de saúde e tratamento adequados, são fundamentais para a prevenção de complicações e intervenções como cirurgias e tratamentos dialíticos. Após o diagnóstico, é fundamental que o indivíduo seja acompanhado por uma equipe multidisciplinar que o oriente e motive sua adesão ao tratamento medicamentoso e não medicamentoso.

A prevenção da hipertensão é a melhor maneira de evitar consequências indesejadas para a saúde. Ela pode ser feita através da manutenção de hábitos saudáveis, como uma alimentação balanceada com redução do consumo de sal, prática de atividades físicas, redução do peso de forma global e o consumo moderado de álcool.

A alimentação, além da redução do sal de cozinha (NaCl  Cloreto de Sódio) em níveis menores de 5 g por dia ( 2 gramas de Sódio) deve ser enriquecida de alimentos ricos em potássio; alguns trabalhos também mostram melhores níveis de pressão arterial quando o potássio sérico (sanguíneo) está em valores ideais. O consumo de alimentos do reino vegetal, como frutas, legumes e verduras, possui efeitos sensíveis na redução da mortalidade de forma geral e promove redução de peso, importante aliado na redução da pressão arterial.

Os alimentos industrializados, embutidos, caldos e preparações em pó, enlatados e envidrados, na medida que possuem alta concentração de sódio, utilizado na conservação e aumento da vida média desses alimentos, deve ser reduzido.

Uma das ações de saúde mais efetivas esta baseada na educação por hábitos saudáveis das pessoas, nesse sentido a leitura dos rótulos é uma das principais ferramentas. No Brasil, os rótulos, apesar das diversas tentativas oficiais de melhorá-los, continua de difícil leitura, seja pela formatação do texto, pela nomenclatura ou pela forma de apresentação das quantidades.

Nas prateleiras dos supermercados e de forma geral, os brasileiros podem ter acesso a diferentes tipos de sal. Essa diferenciação é somente no aspecto de aparência, devido a várias tonalidades e cores e no tamanho das pedras, a quantidade de sódio continua sempre a mesma.

Principais tipos encontrados nas prateleiras:

Sal de cozinha ou refinado. Mais comum na mesa do brasileiro, é dissolvido e recristalizado à temperatura e pressão controladas em instalações industriais. Constituído basicamente por cloreto de sódio, de acordo com as leis brasileiras, recebe adição de iodo para se evitar o bócio.

Sal marinho / gourmet .Há diversos tipos que, dependendo da procedência, podem apresentar variações de cor e tamanho dos cristais. Bastante usado em preparações de culinária e em receitas gourmets.

Sal grosso. Produto comum no dia a dia do brasileiro, não refinado apresentado na forma que sai da salina. Na culinária é usado em churrasco, assados de forno e peixes curtidos.

Sal light. Produto com partes iguais de cloreto de sódio e cloreto de potássio. Ideal para pessoas com dietas restritivas ao sal. Podem ter um gosto residual amargo que dificulta a aceitação.

Sal defumado. Tem sabor e aroma peculiares que dão toque especial às preparações. Suas características estão relacionadas a moda gourmet e aos chefs televisivos.

Gersal . Muito utilizado na cozinha macrobiótica / vegetariana e alternativa, é o sal misturado com sementes de gergelim tostadas e amassadas.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Coronavirus
Jornalista que zombava da Covid 19 e chamava de maricas os que tinham preocupação, morre do novo Coronavirus.
Brasíl e Mundo
Casos globais de coronavírus ultrapassam 11 milhões
Campo Grande
Jovem desaparecida, foi localizada morta em frente a um comércio, sob um cobertor e próximo de sua casa.
Campo Grande
Lixo e animais peçonhentos na cidade do Trad
Educação
Renato Feder pode ser confirmado ainda nesta sexta como novo ministro da Educação
Direito do trabalhador
Ministro nega recurso em ação sobre correção de dívidas trabalhistas
Lava jato
Tucanos com altas plumagens são pegos pela Federal
Meio Ambiente
Incêndio ameaça escola rural do Jatobazinho
Campo Grande
Prefeito Trad deixa buraco na Duque de Caxias causando acidentes e tumulto no trânsito
Saúde
Covid-19: país tem 61,8 mil mortes e 1,49 milhão de casos confirmados