Menu
Busca Qua, 12 de maio de 2021
(67) 9.9928-2002
GERAL

Operação apreende 7 toneladas de alimentos em mercado e açougues

10 abril 2018 - 15h01Por Redação Notícias VIP
Mais de sete toneladas de alimentos impróprios foram apreendidos e destruídos durante uma operação conjunta entre Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo), Iagro e Vigilância Municipal em Mato Grosso do Sul. Foram quatro dias de fiscalização em açougues e supermercados de varejo em três municípios do Estado.

As ações aconteceram entre os dias 2 e 6 de abril nas cidade de Bandeirantes, São Gabriel do Oeste e Rio Verde de Mato Grosso. Segundo a Polícia Civil, o operação tinha como objetivo a prevenção e repressão à comercialização de ?produtos impróprios para o consumo ou em desacordo com a legislação sanitária?.

Nos quatro dias, a ação resultou na apreensão e destruição de aproximadamente sete toneladas de alimentos de origem animal, vegetal e também perecíveis em geral.

Segundo a polícia foram encontradas várias irregularidades como o armazenamento inadequado, temperatura acima do permitido por lei, ausência de registro de inspeção sanitária e até abate clandestino. Ao todo, foram registrados 17 boletins de ocorrência prosseguimento das investigações.
vacina sim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tempo e temperatura
MS tem predomínio de tempo seco e calor de 36°C para a região pantaneira
Covid 19
Dezenas de corpos de possíveis vítimas da covid aparecem na Índia
Campo Grande
Moradores de bairros reclamam de sujeira e insegurança em Campos Grande
Saúde
Após ultrapassar mais de seis mil mortes, MS registra 653 novos casos da Covid-19
Mato Grosso do Sul
Novos secretários da Casa Civil e da Cidadania tomam posse nesta segunda-feira
Campo Grande
Infestação de pragas urbanas alarma moradores de Campo Grande
Vacina
Mato Grosso do Sul recebe novo lote de vacina da Pfizer nesta segunda-feira
F1
Hamilton sobre GP da Espanha de F1: “Aprendi muito sobre Max hoje”
Poluição
Marinha: três navios são suspeitos por manchas de óleo no NE em 2019
Saúde
Fiocruz: pandemia de covid-19 faz vítimas cada vez mais jovens