Menu
Busca Qua, 22 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Geral

Pai mata filha com tiro de espingarda em briga por herança na Paraíba

06 janeiro 2021 - 17h40Por ISTOÉ

Um homem de 53 anos é suspeito de matar a própria filha, Nailza Araújo, de 36 anos, com um tiro de espingarda artesanal por conta de uma briga por uma herança de terras. O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (30), no município de Boqueirão, a cerca de 150 km de João Pessoa, na Paraíba. As informações são do UOL.

Segundo o delegado Ilamilto Simplício, da Polícia Civil, responsável pelas investigações do caso, o pai da vítima morava no Rio de Janeiro, mas estava na Paraíba há cerca de três meses.

“Havia uma disputa de terras, de herança, entre eles. Ontem, após uma discussão, o pai pegou uma espingarda calibre 12 e efetuou o disparo na cabeça da filha. Pessoas que estavam próximas ainda tentaram evitar o crime, mas não conseguiram”, disse Simplício. A polícia procura o suspeito.

Nailza foi socorrida às pressas para um hospital da cidade, mas não resistiu e acabou morrendo.

“É um fato lamentável, envolvendo pai e filha. O pai matar a própria filha por uma disputa de terras, em plena comemoração de Natal e Ano Novo, o cidadão não pensar bem, não refletir, cometer um ato bárbaro desses. Agora é perguntar o que ele vai fazer da vida, certamente vai ser preso e condenado. E aí, valeu a pena?”, questiona o delegado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eleição 2022
Senado aprovou novo Código Eleitoral e vai à sanção presidencial.
Economia
Dólar fecha acima de R$ 5,30 após anúncio do Banco Central americano
CPI da Covid
CPI: diretor da Prevent Senior é acusado de mentir e passa à condição de investigado
Brasíl
Sem coligações, CCJ do Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Polícia Federal
A Operação Apate cumpre mandados em São José dos Campos
Brasilia
CPI da Covid-19; início da sessão com "rasgação de seda" entre senadores da oposição tentando reverter a impressão negativa da briga causada por senadora e ministro
Brasília
Briga na CPI: presidente da CPi fala que Bolsonaro causa vergonha, senador Marcos Rogério rebate dizendo que a CPI da Covid que faz vergonha a muito tempo.
Tempo e temperatura
Primavera começa com tempo claro e ensolarado em Mato Grosso do Sul
Brasília
CPI termina com sessão em briga, agressão verbal entre senadores e Ministro da CGU.
CPI no Senado Federal
A diferença de pensamento entre os Ministros do STF, Carmen, Nunes Marques e Rosa Weber.
Ministros divergem sobre obrigação de convocados à CPI da Covid