Menu
Busca Sáb, 17 de abril de 2021
(67) 9.9928-2002
Acidente

Para alimentar cães do irmão, homem pula muro e crava as costas em grade

16 abril 2018 - 08h48Por Redação Notícias VIP
?Um rapaz, de 29 anos, foi socorrido após ponta da grade do portão ficar cravada em suas costas na manhã deste domingo (15), em casa localizada na Rua Feliciana Carolina, no Jardim Planalto, em Campo Grande. Ele aguardou uma hora pelo resgate.

Conforme informações apuradas no local pela reportagem, a vítima foi até o endereço para alimentar o cachorro de estimação do irmão. Como o portão estava fechado, ele decidiu pular as grades.

De repente, ele teria escorregou e uma das pontas do portão acabou entrando nas suas costas. A vítima permaneceu no local pedindo por socorro até que um vizinho ouviu os gritos e acionou os militares.

O Corpo de Bombeiros compareceram no local junto à equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Parte da grade foi cerrada e rapaz foi encaminhado para a Santa Casa. Barra de ferro não foi removida pelos Bombeiros para que hemorragia não acontecesse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasília
Governo simplifica regras para aumento de cobertura de rádios FM
Desemprego
Impacto da pandemia é maior para trabalhadores jovens, diz Ipea
Covid 19 em MS
Após confirmação de 2 variantes em MS, especialista sugere "mais controle"
Estudos apontam que variante P2 veio do Rio de Janeiro, mas é considerada menos letal que a P1, de Manaus
Auxílio emergencial
Auxílio do Estado poderá contemplar quase 20 mil famílias em Dourados
Trânsito
Mudanças no CTB: Nova Lei proíbe o transporte de menores de 10 anos em motocicletas
Motorista
Detran lança e-book e hotsite com todas mudanças do Código de Trânsito Brasileiro
Meteorologia
Quarta de tempo parcialmente nublado e pancadas de chuva no centro-sul do Estado
Brasília
Senador diz ter assinaturas para ampliar investigação da CPI da Covid
Geral
Pandemia aumenta em 20% os acidentes domésticos com crianças
Brasil
Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea