Menu
Busca Dom, 29 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Polícia federal

Polícia Federal apreende 1,8 mil pacotes de cigarros ilegais no Paraná

A apreensão fez parte da Operação Antifumo

27 outubro 2020 - 13h00Por Plantão jornalístico NV

A Polícia Federal (PF) apreendeu 1,8 mil pacotes de cigarros ilegais no Paraná. A Operação Antifumo foi deflagrada na manhã de hoje (27) para desarticular uma organização criminosa que distribui e fornece cigarros de origem paraguaia nas regiões de Faxinal, Telêmaco Borba e Umuarama.

Os 1,8 mil pacotes de cigarros foram encontrados enquanto a PF cumpria seis mandados de busca e apreensão contra os suspeitos. A pessoa que estava em posse dos cigarros foi presa. Além da prisão, a polícia conseguiu informações sobre o líder da organização responsável pela distribuição dos cigarros ilegais.

O preso e o material apreendido foram encaminhados à delegacia da PF em Ponta Grossa. A ação de hoje é um desenrolar de um flagrante realizado em Ponta Grossa, no ano passado. A polícia identificou os demais integrantes da quadrilha após ser feita a análise no celular de um fornecedor de cigarros da região.

Edição: Liliane Farias

pedofilia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fama
Mike Tyson e Roy Jones Jr, com mais de 50 anos, fazem luta de exibição e viram foco do mundo esportivo.
STF
Moraes, do ST, prorroga por mais 60 dias inquérito que investiga possível interferência de Bolsonaro na PF
Campo Grande
Tiros, facadas e espancamento: Campo Grande tem fim de semana mais violento do mês
Só entre a noite de sábado e a madrugada de domingo, quatro homens foram assassinados na Capital
Fronteira
Preso brasileiro suspeito de assassinato de quatro homens de Fahd Jamil
Campo Grande
Último Autocine deste ano apresenta clássico espírita “Nosso Lar”
Fórmula 1
GP do Barein: Hamilton vence após acidente brutal de Grosjean e capotagem de Stroll
Indigenas
Empresas de SC e RS contratam 5 mil indígenas do Estado para a colheita da maçã
Campo Grande
Covid-19: aumento no número de casos coloca 31 municípios em grau de risco no Prosseguir
Brasíl
Maia: combate ao racismo deve ser agenda prioritária do Parlamento
Fórmula 1
Romain Grosjean sofre acidente assustador com fogo após largada do GP do Barein.