Menu
Busca Sex, 15 de outubro de 2021
(67) 9.9928-2002
Agepen

Presídios em MS vão receber refeições e hortifrútis por R$ 4,7 milhões

Por Carol Assis
A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) divulgou nesta sexta-feira (13) quatro contratos avaliados em mais de R$ 4,7 milhões para fornecimento de alimentação a presídios do Estado.

Mais de R$ 4,5 milhões do total ficaram com uma só empresa. A Nutri & Saúde assinou contratos para fornecimento de diárias (café, almoço e janta) para os sistemas prisionais de Corumbá (R$ 3,5 milhões) e Paranaíba (R$ 993 mil).

Com valor menores foram assinados outros dois contratos. Um deles é destinado ao fornecimento de hortifrutigranjeiros aos estabelecimentos penais de autogestão de Paranaíba, avaliado em R$ 134,7 mil e assinado pela empresa Whitsell & Fabricio Ltda.

O último contrato foi orçado em R$ 91 mil, e é voltado também ao fornecimento de hortifrutigranjeiros aos estabelecimentos penais de Aquidauana. A empresa contratada foi a Frutale Comercio de Alimentos.

Todas as contratações foram publicadas pela Agepen no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (13), e assinadas pelo diretor-presidente da Agência, Aud de Oliveira Chaves.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Em evento histórico, primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS
Educação
Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes
Direito
Hipertensão: Quem possui essa condição pode requerer o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez?
Geral
Facebook, Instagram e Whatsapp têm problemas de acesso nesta segunda
Economia
Ministro defende uso de reservas para capitalizar banco do Brics
Saúde
Ministro chega ao Brasil um dia após testar negativo para covid-19
Brasíl
Eleitores voltam às urnas em 19 cidades para escolha de novo prefeito
Campo Grande
Com ventos de 68 Km/h e 145 mil raios, temporal deixou 13 mil pessoas no escuro
Política
Lei que define sobras de voto em eleições proporcionais é sancionada
Brasília
Senado aprova texto-base de nova Lei de Improbidade Administrativa