Menu
Busca Qui, 17 de junho de 2021
(67) 9.9928-2002
COMBUSTÍVEIS

PRF e Exército fazem escolta de carretas para abastecer Aeroporto e postos do Pantanal

27 maio 2018 - 11h26Por Redação Notícias VIP
A PRF (Polícia Rodoviária Federal) faz na manhã deste domingo (27), a escolta de caminhões carregados com combustível que estavam parados devido à greve dos caminhoneiros. De acordo com a PRF, uma das escoltas é de uma carreta com combustível para aviação para o Aeroporto Internacional de Campo Grande.

As ações da PRF são coordenadas com o Exército Brasileiro. Outro comboio de forças de segurança realiza a escolta sete caminhões com gasolina para Corumbá  a 450 quilômetros de Campo Grande e deve abastecer postos da região pantaneira. São sete carretas com 25 mil cada e a previsão é de chegada por volta das 13 horas.

A PRF também realiza a escolta de carretas de combustível em locais onde os postos tiveram seus veículos impedidos de circular.

O CMO (Comando Militar do Oeste) informou na noite do sábado (26) que foi realizada uma reunião com a cúpula da segurança pública do Estado no Centro de Coordenação de Operações do CMO.

Foram definidas ações necessárias que serão desenvolvidas para garantir a livre circulação de veículos, a preservação da Ordem Pública, a proteção das infraestruturas críticas e o restabelecimento da continuidade do abastecimento de combustíveis e outras atividades essenciais, segundo nota divulgada pelo CMO.

Participaram o Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, o Superintendente da Polícia Federal, o Procurador-chefe da Advocacia Geral da União no Estado, o Procurador Geral do Estado, o Superintendente Regional da Polícia Rodoviária Federal, o Comandante Geral da Polícia Militar, o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar, o Delegado Geral da Polícia Civil, o Superintendente Regional da ABIN e o Superintendente Regional da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).

Neste domingo, sétimo dia de greve, o governo volta a negociar com os caminhoneiros, ao mesmo tempo em que forças de segurança continuam a desobstruir pontos de bloqueio nas rodovias de todo o país.

A categoria reivindica agora desconto de 10% no valor do diesel que será cobrado na bomba, a ampliação desta redução de 30 para 60 dias e o fim da suspensão da cobrança de tarifa de pedágio para eixo elevado dos caminhões para todo o país.
Com informações do Midiamax

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Semana começa com restrições em 43 cidades do MS; confira o que pode e não pode
Mato Grosso do Sul
Última semana de outono será de tempo firme e temperaturas agradáveis em MS
UEFA Euro 2020
Veja a repercussão dos jornais internacionais do mal súbito de Eriksen em Dinamarca x Finlândia
Campo Grande
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
Tempo e temperatura
Domingo de tempo firme e temperaturas agradáveis em Mato Grosso do Sul
Geral
5 flores para plantar em junho e deixar seu jardim mais colorido
Mato Grosso do Sul
Secretaria de Estado de Saúde transfere mais quatro pacientes para São Bernardo do Campo nesta sexta-feira
Geral
Ford: R$ 10 milhões pelo ralo diariamente
Octógono
Douglas Lima é dominado por ucraniano e perde cinturão do Bellator
Tempo e temperatura
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados