Menu
Busca Sáb, 19 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Administrativos

Reinaldo diz que greve da educação é 'movimento político' e fala em ir à Justiça

09 abril 2018 - 16h43Por Redação Notícias VIP
A greve dos administrativos da educação estadual marcada para iniciar nesta terça-feira (10) deve ser contestada judicialmente pelo Governo do Estado. A informação é do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que falou sobre o assunto em agenda pública nesta tarde.

Na avaliação de Reinaldo, a paralisação dos administrativos é ?um movimento político?. Para evitar prejuízos aos alunos, o Governo já fala em ação judicial para impedir a greve dos administrativos, que pode impactar no funcionamento das escolas.

?O governo tem que manter regularidade do serviço dentro das escolas. Se eles fizerem greve, vamos buscar mostrar ilegalidade da greve pelas vias judiciais. Mantido a greve mesmo com a decisão judicial, vamos buscar para que o aluno não sofra, não tem porque parar as escolas pararem?, disparou o governador.

Reinaldo ressaltou, ainda, que o abono salarial oferecido aos administrativos representou aumento de 17% no salário dos profissionais. ?Essa categoria recebeu o maior reajuste quando demos o abono?, disse.

Paralisação

A greve deliberada na última sexta-feira (6) após assembleia dos administrativos é fruto do impasse que envolve o reajuste salarial da categoria.

O Governo ofereceu reajuste de 3,04% ao funcionalismo estadual. Em relação ao abono de R$ 200, o Estado propôs que o valor seja incorporado ao salário apenas em março de 2019. A categoria reivindica incorporação do valor ainda este ano.

Durante a assembleia da semana passada, os administrativos afirmaram que esperam que professores da rede estadual também aderissem ao movimento. Para a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), mesmo sem a adesão dos professores o funcionamento das escolas fica comprometido.

Os administrativos geralmente atuam na limpeza, alimentação e outros setores administrativos das escolas.
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19
Meio Ambiente
Nuvem de fumaça provocada por queimadas no Pantanal chega ao céu de São Paulo
Brasil
Fumaça do Pantanal faz avião de Bolsonaro arremeter em MT
Três Lagoas
Fogo destrói vegetação, floresta de eucalipto e interdita rodovia em MS
Brasil
Tite convoca a Seleção Brasileira para a estreia nas Eliminatórias
Geral
Do outro lado do balcão De ex-juiz Federal a ex-ministro da Justiça, agora Sergio Moro é o mais "jovem" advogado do Brasil.
Saúde
Uma de 7 infecções de Covid-19 relatadas ocorre em profissionais de saúde, diz OMS
Brasíl
Marco Aurélio suspende inquérito que apura suposta interferência na PF
Brasíl
829 mortos por Covid 19 e 36.330 novos casos de contaminados
STF
COVID NOS PRESÍDIOS Fux renova Recomendação 62 por 6 meses e restringe alcance