Menu
Busca Qua, 28 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002

Reviravolta: polícia acha vestígio de sangue na casa de idosa enterrada no quintal pela filha

Filha disse que mãe morreu de causas naturais

14 janeiro 2019 - 21h53

Com uma nova informação, o caso da idosa Helena Chagas Costa de 77 anos, que foi enterrada no quintal de sua residência pela filha, uma técnica de enfermagem, tem novo rumo já que a polícia teria encontrado vestígios de sangue em um dos cômodos da casa.

O corpo da idosa foi encontrado em outubro do ano passado enterrado no quintal de sua casa, em Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande. Foi feita exumação do corpo, que não apresentou sinais de violência.

Agora, com as novas evidências, o delegado que cuida do caso Marcílio Ferreira Leite já encaminhou o inquérito com as novas informações ao poder judiciário, segundo o site JP News. O material coletado na casa foi encaminhado para análise em Campo Grande e segundo o delegado, “com o resultado saberemos se dona Helena morreu de causas naturais ou de violência”.

A técnica de enfermagem está presa no presídio feminino da cidade. Quando foi detida, em depoimento a filha da idosa contou que enterrou a mãe no quintal de casa para ficar perto dela, e que não queria passar pelo processo doloroso do sepultamento.

A técnica de enfermagem disse não saber os motivos da causa da morte da mãe, e que não tem acesso a nenhum benefício da idosa. Ainda em depoimento, a mulher contou que um dia antes da morte de Helena, a idosa se alimentou normalmente e foi se deitar, e só no dia seguinte percebeu que a mãe estava morta.

Segundo o MP uma investigação foi aberta por maus-tratos contra a técnica de enfermagem, já que havia denúncias de que ela maltratava a idosa, que teve o corpo encontrado enterrado no quintal de casa. A vítima havia desaparecido, no dia 2 de outubro de 2018.

Com informações do Midiamax

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana