Menu
Busca Dom, 28 de fevereiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Deficiência

Rodovias de MS são classificadas como esquecidas por CNT

Por Carol Assis
O principal problema das piores ligações rodoviárias do Brasil está relacionado à geometria da via. No total, 85,3% da extensão conjunta dos 15 trechos analisados no estudo Rodovias Esquecidas do Brasil ? Transporte Rodoviário recebeu classificação regular, ruim ou péssimo pela Pesquisa CNT de Rodovias entre 2004 e 2017.

Na característica geometria da via, são avaliados o tipo de rodovia (pista simples ou dupla), a presença de faixa adicional de subida (terceira faixa), de pontes, de viadutos, de curvas perigosas e de acostamento.

Entre os motivos que geraram o resultado sobre essa variável, estão a predominância de pista simples de mão dupla em 97,2% da extensão total, a falta de faixa adicional de subida (88,5%) e de acostamento (56,3%) e a ausência de dispositivo de proteção contínua em trecho onde ele é necessário (64,9%).

De acordo com o estudo, quatro ligações tiveram 100% da geometria da via classificada como insatisfatória na Pesquisa CNT de Rodovias 2017: Governador Valadares (MG) ? João Neiva (ES); Jataí (GO) ? Piranhas (GO); Marabá (PA) ? Dom Eliseu (PA); e Rio Brilhante (MS) ? Porto Murtinho (MS).

O estudo aponta ainda que 73,8% da extensão das ligações apresentou algum tipo de deficiência no pavimento. Foi constatado que a superfície da via de rolamento possuía desgastes, trincas, afundamentos, buracos, ondulações e remendos.

A sinalização, por sua vez, não foi considerada satisfatória em 61,7% do percurso dos trechos rodoviários selecionados entre 2004 e 2017.

Colaborou para esse resultado o desgaste ou a inexistência da pintura da faixa central, observados em 45,8% da extensão das piores ligações, o que dificulta a visibilidade da delimitação do espaço de rolamento dos veículos.

"Deficiências na geometria da via, assim como no pavimento e na sinalização, podem ser significativas para a insegurança, aumentando a probabilidade de ocorrência de acidentes e o custo operacional para os transportadores.

As melhorias na infraestrutura são essenciais para garantir condições adequadas de trafegabilidade a todos os usuários", afirma o diretor-executivo da CNT, Bruno Batista.

Rodovias que compõem as ligações com 100% da geometria da via classificada como insatisfatória
Governador Valadares (MG) ? João Neiva (ES) BR-040, BR-259, ES-080

Jataí (GO) ? Piranhas (GO) BR-158

Marabá (PA) ? Dom Eliseu (PA) BR-222
aa
Rio Brilhante (MS) ? Porto Murtinho (MS) BR-267, BR-419

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde pública
Sejusp e Hospital do Amor firmam parceria em benefício de servidores
MS
Polícia Ambiental disponibiliza Cartilha do Pescador 2021 com todas regras de pesca
Turismo
Projeto de concessão de parques estaduais vai alavancar o turismo do Estado, avaliam prefeitos
Geral
Como descobrir se seus dados pessoais estão sendo utilizados por terceiros?
Juventude
Conselho Estadual da Juventude abre processo seletivo para representantes da sociedade civil
Tempo e temperatura
Fevereiro termina com pancadas de chuva e máxima de 36°C em Mato Grosso do Sul
Corumbá
Militares desrespeitam ordem e fazem festa no centro da capital do Pantanal
Campo Grande
Autódromo de Campo Grande tem evento com aglomeracão de pessoas
Pandemia de Covid 19
Brasil tem recorde de mortes por covid-19 pelo terceiro dia seguido
Covid 19 em MS
Capacidade de leitos hospitalares segue em situação crítica e número de casos continua aumentando