Menu
Busca Sáb, 23 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Geral

Ronaldinho Gaúcho tem pedidos de liberdade indeferido e vai jogar bola com presos

14 março 2020 - 08h00Por Plantão de Notícias

O ex-craque da seleção brasileira de futebol, Ronaldinho Gaúcho, marcou cinco gols em um jogo entre os presos da unidade de segurança máxima Agrupación Especializada da Polícia Nacional do Paraguai.  Ele e seu irmão Assis estão Assis estão estão presos preventivamente enquanto aguardam as investigações do caso de falsificação de documentosl. O inquérito ao qual ambos respondem pode levar até seis meses para ser concluído.

Segundo uma rede de TV paraguaia, ABC TV, Ronaldinho teria aceitado participar do campeonato de futebol interno do presídio. Ele estaria jogando no time de Fernando Gonzalez Karjallo, ex-dirigente do Sportivo Luqueño que foi preso pelo crime de lavagem de dinheiro. De acordo com informações colhidas pela ABC TV com policiais que assistiram ao jogo, a equipe do ex-jogador brasileiro venceu por 11 a 2, tendo Ronaldinho marcado cinco gols e arquitetado as jogadas que culminaram nos outros seis gols.

O último pedido de liberdade foi indeferido pelo judiciário paraguaio, sob alegação de que o ex-jogador poderia fugir e de que existem suposta situação Criminosa mais grave por trás do passaporte falso apresentado no aeroporto do país.

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Alimentação
Governo federal se compromete com isenção de exportações para o PMA
Educação
O que é preciso saber para o segundo dia do Enem
Campo Grande
Marquinhos Trad cobra impostos e taxas da população de Campo Grande e não realiza serviços públicos.
Vacina
Fiocruz libera neste sábado distribuição de vacina aos estados
Tempo e temperatura
Meteorologia prevê sábado com pancadas de chuva e máxima de 33°C
Nioaque
Prefeito de Nioaque é o primeiro a ser investigado por tomar vacina destinada a indígenas
Judiciário
Em posse do TJMS, Reinaldo Azambuja destaca importância do Poder Judiciário no combate à pandemia
Vacina
Amazonas receberá cota extra de vacinas para frear pandemia
Brasíl
Número de casos de covid-19 chega a 8,75 milhões no Brasil Doença já fez mais de 215 mil vítimas
Vacinas
Vacinas da AstraZeneca chegam ao Brasil Voo trazendo imunizante desceu em São Paulo