Menu
Busca Sb, 17 de agosto de 2019
(67) 9.9928-2002
POLÊMICA

Segundo o GLOBO: Bolsonaro alerta para amputações de pênis no Brasil por falta de água e sabão

Em visita ao MEC, presidente deu sugestões ao ministro, lembrou dos ensinamentos da escola militar e falou sobre a importância de conscientizar os jovens sobre higiene pessoal

25 abril 2019 - 18h00

 Depois de visitar o Ministério da Educação (MEC) nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro revelou estar preocupado com o que classificou de um "dado alarmante" sobre amputações de pênis no Brasil por falta de higiene.

Bolsonaro passou a abordar o assunto das amputações depois de criticar, junto com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, a carga ideológica do ensino ministrado por escolas ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. Weintraub defendeu o corte de verbas públicas às escolas do MST e Bolsonaro questionou a qualidade do ensino ideológico ministrado pelo movimento. Depois da fala do chefe do MEC, o presidente pediu o microfone para "complementar" Weintraub com lembranças de ensinamentos de escolas militares.

— Uma coisa muito importante, para complementar aqui o ministro. Dia a dia, a gente vai ficando velho e vai aprendendo as coisas, né? Eu tomei conhecimento uma vez que certos homens, ao ir para o banheiro, eles só ocupavam o banheiro para fazer o número 1 (urinar) no reservado. O que é que acontece com esse cara? Eu sabia e aos poucos vou tomando conhecimento, e estive conversando com profissionais da saúde, no meio militar a gente ensina a escovar os dentes e, ao garoto que presta serviço militar obrigatório, também outras coisas. E deu um dado alarmante, quando se fala em higiene: no Brasil, ainda, nós temos por ano mil amputações de pênis por falta de água e sabão — complementou Bolsonaro. 

Para o mandatário, "quando se chega nesse ponto, a gente vê que estamos realmente no fundo do poço e é preciso buscar uma maneira de sair dele ajudando as pessoas".

— Conscientizando-as, mostrando realmente o que eles têm que fazer, o que é bom para eles, é bom para o futuro deles, e evitar que se chegue a esse ponto ridículo, triste para nós, dessa quantidade de amputações que nós temos por ano.

 

Segundo informações da REDE GLOBO.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Não brinca com mulher " nervuda"
Entretenimento
O mistério do "Homem Tv" que está intrigando as autoridades no EUA
Internacional
Mais de 11 mil pássaros são encontrados mortos nos EUA após tempestade de granizo
Nova Andradina
Na frente da prefeitura carro bate em árvores
Cultura
Dia do Pão de Queijo: conheça a história e aprenda a fazer este quitute mineiro
Enquete
Você acha que os atuais vereadores merecem se reeleger? Participem
Brasil e Mundo
Plantação com 40 mil pés de maconha é encontrada com a ajuda de um drone
Mato Grosso do Sul
Incêndio destrói barracos e vegetação às margens de rodovia: 'Sensação de querer apagar e não poder'
Recife
Caso de jovem escalpelada é 'dramático', diz microcirurgião de Houston
Bolsonaro
O presidente gastou mais de 200 mil para ir à futebol