Menu
Busca Seg, 18 de outubro de 2021
(67) 9.9928-2002
Banco Nacional

Sistema da Justiça expõe vítimas de estupros, 2 delas são de MS

26 abril 2018 - 09h26Por Redação Notícias VIP
Mato Grosso do Sul aparece na lista de Estados que expõem vítimas de estupros no BNMP (Banco Nacional de Mandados de Prisão), que reúne todos as ordens de prisão em aberto no Brasil. Conforme a Folha de São Paulo, que fez levantamento em 576 mil mandados, foram localizados dois casos em Mato Grosso do Sul.

Sobre o Estado, a reportagem não especifica quais dados dos processos sigilosos foram divulgados na internet.

A maior quantidade em que vítimas de estupros são expostas é no Maranhão (21), seguido por Espírito Santo (16) e Rio Grande do Sul (12). Segundo o jornal, nos mandados do RS aparece nome completo e descrição minuciosa de estupro de uma criança de cinco anos.

Em resolução de 2016, o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) determina que os tribunais devem restringir a identificação de vítimas apenas às iniciais de nome e sobrenome.

Mas, a Folha teve livre acesso a mandados de prisão onde aparecem, por exemplo, os nomes completos e descrição minuciosa do estupro de uma criança de 5 anos, cometido pelo padrasto. Mãe e filho, ambos vítimas, são identificados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Em evento histórico, primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS
Educação
Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes
Direito
Hipertensão: Quem possui essa condição pode requerer o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez?
Geral
Facebook, Instagram e Whatsapp têm problemas de acesso nesta segunda
Economia
Ministro defende uso de reservas para capitalizar banco do Brics
Saúde
Ministro chega ao Brasil um dia após testar negativo para covid-19
Brasíl
Eleitores voltam às urnas em 19 cidades para escolha de novo prefeito
Campo Grande
Com ventos de 68 Km/h e 145 mil raios, temporal deixou 13 mil pessoas no escuro
Política
Lei que define sobras de voto em eleições proporcionais é sancionada
Brasília
Senado aprova texto-base de nova Lei de Improbidade Administrativa