Menu
Busca Qui, 03 de dezembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Justiça

TJ decreta prisão preventiva de pastor acusado de abusar da filha

Por Carol Assis
O Tribunal de Justiça (TJ) decretou a prisão preventiva de um homem acusado de estuprar a filha, que na época tinha oito anos de idade. O crime aconteceu em 2017. A decisão saiu após um recurso apresentado pelo Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio da Promotoria de Justiça de Arapoti, nos Campos Gerais.

O pedido de prisão preventiva havia sido indeferido pela primeira instância, mas foi revisto pela 5ª Câmara Criminal do TJ.

De acordo com o Paraná Portal, o homem foi pastor evangélico em Arapoti durante alguns anos, sendo transferido, no final de 2017, para outra cidade.

O MPPR aponta que o acusado foi denunciado no mês passado pela prática do crime de estupro de vulnerável majorado e é considerado foragido da Justiça. As investigações indicam ainda que, no momento do crime, estavam no local, além da vítima e do réu, o irmão da criança, com dez anos de idade, e a mãe.

A criança foi levada a um hospital de Ponta Grossa, onde foi registrado boletim de ocorrência e iniciada investigação pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria).

A Promotoria de Justiça concluiu existirem indícios suficientes que demonstram ser o pai o autor do crime, após terem sido realizadas avaliações psicológicas, colheita de depoimentos, perícias, laudos morfológicos, exame de DNA e interceptações telefônicas.
pedofilia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Morreu na frente de presidio em Campo Grande de onde tinha acabado de sair.
Mundo
PF cumpre cinco mandados de prisão por tráfico de drogas
Judiciário
Bicho e Pantanal Cap sofrem investidas do Gaeco e outras forças policiais por ordem do TJ
Campo Grande
Operação Omertà, fase Black Gay, cumpre mandados no combate ao jogo do bicho e ao Pantanal Cap
Justiça
Ação popular movida por 500 advogados pede anulação das eleições municipais de 2020
Campo Grande
Operação Omertà tem mais uma fase sendo cumprida hoje 2/11/2020
Brasil
Bolsonaro afirma que "Auxílio Emergencial não é eterno, vai acabar".
Brasíl
Mato Grosso do Sul busca parceria do BRB para ampliar linhas de financiamento
Campo Grande
Presidiário executado na calçada da Gameleira, mandou matar, decapitar e queimar ex-esposa e a cunhada
Campo Grande
Homem é executado a tiros na frente de presídio