Menu
Busca Sáb, 27 de fevereiro de 2021
(67) 9.9928-2002
INTERIOR

Trabalho agrícola amplia aprendizado a internos de Dourados e garante mais alimentos a famílias carentes

14 janeiro 2019 - 21h47

As atividades laborais na área agrícola desenvolvidas no Estabelecimento Penal Masculino de Regime Semiaberto de Dourados foram ampliadas e agora possibilitam maiores oportunidades de ocupação produtiva aos internos. Além da aprendizagem de um ofício aos detentos, a iniciativa também possibilita mais variedades de alimentos doados a famílias carentes da cidade.

O trabalho integra um projeto promovido pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) em apoio a ações sociais da Prefeitura de Dourados, com a doação de verduras cultivadas no presídio para o Banco de Alimentos da cidade.

Além do aumento na variedade de hortaliças plantadas – que já envolve alface, couve, repolho, salsinha, cebolinha, coentro, entre outros – os reeducandos também estão atuando na plantação de pimentão, berinjela e cucurbitáceas, como melancia, melão e abóbora. O cultivo teve início em novembro e a previsão é que a colheita aconteça entre o final de fevereiro e início de março.

Para os novos trabalhos, a área de plantio ganhou mais dois hectares e o número de reeducandos envolvidos com o cultivo já triplicou, passando dos 12 internos que trabalhavam no início do projeto para os atuais 36 trabalhadores.

Os detentos atuam desde a capinagem na área, cultivo de mudas em viveiro, plantio, adubação e colheita. Em retribuição pelo trabalho suado e que beneficia a comunidade carente, os internos envolvidos garantem diminuição de um dia na pena a cada três de serviços prestados, conforme preconiza a Lei de Execução Penal.

Doutor em Biologia e um dos idealizadores do projeto de horticultura no presídio, o diretor da unidade, agente José Nicácio do Nascimento, destaca que o objetivo é assegurar mais frentes de ocupação produtiva aos internos ao mesmo tempo em que ampliam suas possibilidades de aprendizado profissional na área.

“O plantio e cultivo das cucurbitáceas é diferente das hortaliças, e garante mais possibilidades de plantio o ano inteiro, representando um trabalho que o interno pode atuar quando terminar de cumprir sua pena, se enquadrando inclusive no programa de Agricultura Familiar do Governo Federal”, comenta o dirigente. “Ou seja, é uma variedade de aprendizado para os que quiserem abraçar a área como uma profissão para o futuro”.

Segundo o diretor, a intenção é que mais variedades sejam plantadas em breve, agregando ainda mais conhecimento aos participantes. “Nossa intenção agora é iniciarmos o cultivo de abacaxi como próximo passo”, informa, destacando que é uma fruta que rende boas colheitas no ano.

Lançado em agosto de 2017, com assinatura de convênio entre a Agepen e a Prefeitura Municipal de Dourados, o projeto de agricultura orgânica no semiaberto masculino de Dourados foi elaborado pelo diretor José Nicácio do Nascimento em conjunto com a assistente social da Agepen, Gislaine de Souza Fonseca Schveiger, com o apoio técnico dos engenheiros agrônomos Rodrigo Alves Cordeiro e José Joaquim de Souza, e do tecnólogo em Agronomia Marcus Vinicius Figueiredo Neias Almeida.

Para o desenvolvimento do projeto, a Agepen, por meio do presídio, oferece insumos para o plantio na horta, realiza a seleção dos custodiados e coordena as atividades. Já a Secretaria Municipal de Agricultura Familiar e Economia Solidária (Semafes) disponibiliza os maquinários e a orientação necessária para a produção na horta.

A ideia dessa iniciativa surgiu com um acordo integrado entre o Poder Judiciário, a Prefeitura e a direção do presídio para ocupar a área que estava ociosa da unidade penal e, para que o projeto se concretizasse, o local foi estudado por agrônomos e nutricionistas.

Com informações do DouradosNews

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corumbá
Militares desrespeitam ordem e fazem festa no centro da capital do Pantanal
Campo Grande
Autódromo de Campo Grande tem evento com aglomeracão de pessoas
Pandemia de Covid 19
Brasil tem recorde de mortes por covid-19 pelo terceiro dia seguido
Covid 19 em MS
Capacidade de leitos hospitalares segue em situação crítica e número de casos continua aumentando
STF
STF concede domiciliar a empresário preso em operação contra Crivella
Turismo
Fornatur e ABEAR se reúnem para alinhar informações sobre acordos com empresas aéreas durante pandemia
Oportunidade
Vídeo sobre planejamento financeiro está disponível no canal da PGE/MS
Esporte
Estado faz repasses a clubes para a disputa do Estadual de Futebol 2021
Tempo e temperatura
Previsão do Tempo: Céu claro e altas temperaturas estão previstas para o fim de semana
Oportunidade
Seleção de profissionais para credenciamento na Escolagov segue até dia 31 de março