Menu
Busca Sáb, 06 de junho de 2020
(67) 9.9928-2002
Interior

Assassino de Dirceu Lanzarini se apresenta à polícia

Motivo da morte alegado pelo "peão" foi a humilhação que Dirceu Lanzarini e o genro lhe fizersm

12 março 2020 - 12h10Por Plantão de Notícias

Foi preso na manhã desta quinta-feira (12), em Amambai a 325 quilômetros de Campo Grande, Luíz Fernandes conhecido como ‘Paraguaio’ acusado do assassinato do ex-prefeito Dirceu Lanzirini, no dia 24 de fevereiro na propriedade do ex-prefeito.

Ele presta depoimento na manhã desta quinta (12), na delegacia e ainda não há detalhes de como se deu a prisão de ‘Paraguaio’, que está acompanhado de um advogado. Ele ficou foragido por 17 dias e até ajuda das policiais paraguaias foi pedida na tentativa de encontrá-lo.

Dois dias depois do crime foi representada pela prisão preventiva de Luiz que estaria escondido em uma região de mata. Ele já foi o indiciado por homicídio qualificado pelo recurso que torna impossível a defesa da vítima e por tentativa de homicídio qualificado, no caso do genro de Lanzarini que também foi atingido pelos disparos.

Luiz teria premeditado o assassinato do ex-prefeito, já que havia deixado a família na fazenda e quando encontrou Lanzarini estava armado, o que segundo o delegado Werneck não era seu costume. As investigações apontaram que a arma usada no crime já estava em posse de ‘Paraguaio’ há 10 anos.

O motivo do crime seria as cobranças e repreensão sofrida pelo "paraguaio"  feitas pelo  genro vítima fatal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde Pública
Brasil tem mais 904 mortes e 27 mil casos de Covid-19, diz Ministério da Saúde
Polícia
"Pedreiro assassino" que matou 6 quer depor, mas seu advogado não deixa.
Mato Grosso do Sul
MS já soma 65% dos municípios com pacientes confirmados de coronavírus
São Paulo
Justiça proíbe manifestação na Avenida Paulista neste domingo
Geral
Complexo da Fiocruz dará autonomia em vacinas para o Brasil
Economia
BNDES cria programa de apoio à pequena e média empresa
Geral
Manifestações amanhã em SP terão esquema reforçado de segurança
Politicos
Paulinho da Força é condenado a 10 anos de prisão pelo STF
Polícia
Jamil Name estará de volta para o presídio de Campo Grande, MS.
Marquinhos Trad
Prefeito de Campo Grande realiza ato de incineração de 200 pipas e 280 carretéis de linha.