Menu
Busca Qua, 18 de setembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Fronteira violenta

Bandidos "tocam o terror" para resgatar integrante de facção brasileira preso no Paraguai

O fato deixou feridos e rastro de terror na região

12 setembro 2019 - 10h30Por MS NEWS

Bandidos realizaram uma emboscada no início da tarde desta quarta-feira (11/9), em Assunção-PY, e resgataram Jorge Teófilo Samudio González, o ‘Samura’. O fato deixou feridos e rastro de terror na região.

Conforme o jornal ABC Color, Jorge seria integrante da facção criminosa brasileira Comando Vermelho, que tem atuação também no Paraguai. Ele é apontado como responsável em liderar a organização no país vizinho, enviando remessas de cocaína à Europa. 

O fato ocorreu na estrada Costanera Norte, quando uma intensa troca de tiros entre policiais e criminosos deixou gravemente feridos um comissário da polícia local e um agente penitenciário.

Na ação, três veículos foram incendiados pelos bandidos, que fugiram em um furgão Toyota. Um utilitário usado no transporte de presos do sistema penitenciário do país vizinho ficou completamente destruído.  

A polícia paraguaia acredita que o criminoso tenha utilizado um avião para deixar a Capital paraguaia. 

Samura foi preso em outubro do ano passado durante operação realizada pela Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai em Bella Vista Norte, próximo à fronteira com a cidade de Bela Vista, no Mato Grosso do Sul. 

Com informações, MS NEWS.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Eduardo Bolsonaro diz que vai processar Facebook e Instagram
Paralisação
Funcionários dos Correios suspendem paralisação em todo o país
Leilão em MS
Leilão tem desde iPhone, brinquedos até videogames
Humildade é tudo!
Garoto comemora aniversário de 4 anos com garis em Rondonópolis (MT)
Justiça
TSE determina: “Candidaturas laranjas” devem levar à cassação de toda a chapa
Campo Grande
Sujeira e buracos novos aparecendo no mesmo lugar
Sorte ou azar!?
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 120 milhões nesta quarta
Onde vai para este mundo!
Casal é preso suspeito de espancar até morte bebê de 1 ano e 7 meses em MS
Prova de fogo!
Bombeiros do DF devem chegar na quinta para reforçar combate aos incêndios em Mato Grosso do Sul
Aliado de Bolsonaro
Netanyahu volta a atacar árabes em discurso após eleições em Israel