Menu
Busca Dom, 24 de outubro de 2021
(67) 9.9928-2002
Cidades

Cadastro encerra dia 9, mas biometria não é obrigatória no interior, alerta TRE

Por Carol Assis
Eleitores do interior do Estado estão procurando os cartórios eleitorais para cadastrar a biometria, mas o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) avisa que o procedimento ainda não é obrigatório para as eleições marcadas para este ano.

O Cadastro Nacional de Eleitores encerra no próximo dia 9. Os cartórios eleitorais estão realizando a coleta de dados biométricos, porém como o procedimento não é obrigatório, os eleitores dos municípios do interior não precisam se preocupar, sem necessidade de enfrentar filas e outros transtornos.

O prazo do dia 9 é destinado para os eleitores que necessitam fazer o primeiro título, transferências de domicílio, solicitar mudança de local de votação ou alteração de algum dado do cadastro.

O eleitor que precisar ser atendido precisa comparecer ao Cartório Eleitoral com documento oficial de identificação com foto, cópia e original, e o comprovante de residência atualizado. Homens entre 18 e 45 anos, que irão tirar o título pela primeira vez, devem levar cópia e original do comprovante de quitação militar.

De acordo com o TRE-MS, atualmente o Estado possui 1.840.886 eleitores, sendo 935.150 com biometria cadastrada e 905.736 sem a identificação biométrica. Em Campo Grande, 80.58 eleitores não realizaram o cadastro dentro do prazo. Em seis dias, o TRE-MS regularizou 2.331 títulos que foram cancelados.

Os atendimentos ocorrem em quatro dos cinco pontos destinados a realização do serviço. São eles, o Fórum eleitoral  no Parque dos Poderes  que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e nos práticos da Guaicurus, General Osório e Aero Rancho, que funcionam nos mesmos dias, das 8h às 14h.

Nos práticos, os eleitores serão atendidos por ordem de chegada, sendo distribuídas 150 senhas diariamente. Outro local de atendimento é no prédio do Cijus (Centro Integrado da Justiça), onde serão realizados 250 procedimentos por dia, das 12h às 18h.

Em caso de multas eleitorais, por ausência às urnas e/ou aos trabalhos eleitorais, e que estejam pendentes de pagamento, a quitação do débito deve ser realizado em uma das agências do Banco do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Foto de Eduardo Bolsonaro como 'sheik' em Dubai causa onda de críticas; deputado defende gastos
Saúde
Em evento histórico, primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS
Educação
Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes
Direito
Hipertensão: Quem possui essa condição pode requerer o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez?
Geral
Facebook, Instagram e Whatsapp têm problemas de acesso nesta segunda
Economia
Ministro defende uso de reservas para capitalizar banco do Brics
Saúde
Ministro chega ao Brasil um dia após testar negativo para covid-19
Brasíl
Eleitores voltam às urnas em 19 cidades para escolha de novo prefeito
Campo Grande
Com ventos de 68 Km/h e 145 mil raios, temporal deixou 13 mil pessoas no escuro
Política
Lei que define sobras de voto em eleições proporcionais é sancionada