Menu
Busca Sáb, 28 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
dourados

Confirmada violência sexual contra estudante em festa universitária

21 março 2018 - 19h09Por Ribero Júnior
O exame pericial realizado para confirmar a acusação de estupro contra uma estudante de 17 anos, em Dourados, foi confirmado hoje (21) pelo delegado regional da Polícia Civil, Lupérsio Degerone. O fato aconteceu no dia 19 de março, durante uma festa promovida por acadêmicos, depois da arrecadação feita no trote universitário, junto a Avenida Indaiá. 

A informação é de que a jovem participou dos festejos, sofreu a violência e foi levada para unidade hospitalar do município em coma alcoólico. Quando a mãe chegou ao local encontrou a garota vestida com roupas masculinas e as vestimentas íntimas tinham vestígios de sangue. Questionada, aadolescente não soube informar o ocorrido e nem se lembra do que aconteceu antes do desmaio. 

Segundo apuração do Dourados News, a autoria do crime ainda não foi identificada, mas, o delegado informou que colegas da vítima serão ouvidos, bem como organizadores da festas e outras possíveis testemunhas. Câmeras de locais próximos a festa também serão utilizadas para esclarecimentos. 

"As investigações estão em andamento, a condução é pela DAM (Delegacia de Atendimento a Mulher) com a delegada Paula Ribeiro. Material masculino foi coletado para exames, as oitivas continuam, o andamento corre normalmente", afirmou o delegado Degerone, com destaque ainda ao fato de que as apurações abrangerão também o crime de fornecimento de bebidas alcoólicas para menores de idade. 

NOTA OFICIAL UFGD
De acordo com as informações relatadas pela mãe na ocorrência, a jovem iniciava curso na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e participava das ações com veteranos e outros calouros. 
A Instituição de Ensino Superior divulgou em nota que está a disposição das autoridades para as investigações sobre o caso.

Foi acrescentado pela Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (PROAE) que foi solicitado apoio da Polícia Militar para ações mais efetivas contra a realização dessas ações. 

Destacou ainda que "se for comprovada a participação de alunos da UFGD no caso, todas a medidas administrativas cabíveis serão tomadas, inclusive a abertura de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD)".
violência contra a mulher 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional
Brexit: negociações vão ser retomadas em Londres
Brasíl
Recadastramento de aposentados está suspenso até o fim do ano
Brasíl
Ministério da Saúde divulga informações sobre o combate à covid-19
Campo Grande
Covid-19 mata subtenente em MS; 2ª morte do mês na instituição
Covid 19 em MS
Taxa de contágio da Covid 19 volta a subir no MS
Campo Grande
Estado deposita R$ 514 milhões em salários nesta sexta-feira (27)
Brasil e Mundo
Dinamarca quer desenterrar "visons zumbis" de valas coletivas
Judiciário
Bretas condena Cabral a 19 anos de prisão e Barata a 28 anos
Esportes
LNF adia primeiro jogo da semifinal entre Tubarão e Magnus
Ponta Porã
Polícia paraguaia prende dois suspeitos de matança de membros da turma de Fahd Jamil