Menu
Busca Qua, 18 de setembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Assassinato

Corpo de um jovem foi encontrado com sinais de tortura

Ações governamentais em segurança pública na fronteira é zero, disse um comerciante da região

16 agosto 2019 - 19h00Por Bronca policial

Por volta das 7 horas da manhã populares da região de Ponta Porã avistaram um corpo com pés e mãos amarrados. A cabeça estava dentro de um saco plástico.

Ao acionarem a polícia e o serviço de transporte de cadáveres, constatou-se que havia nove perfurações de balas 9mm.

Até o presente momento a Polícia civil e militar não divulgou a identidade da vítima de tortura e assassinato.

Essas ocorrências são vistas com naturalidade pela população da fronteira, onde o medo e a insegurança têm à todos como reféns.

A fronteira do Brasil com o Paraguai vive momentos de total insegurança. A ida do Ministro da Justiça do Brasil e do Paraguai foi apenas um ato de marketing pífio e sem nenhum efeito benéfico para a população.

viaturas policiais no local do crime

Deixe seu Comentário

Leia Também

Paralisação
Funcionários dos Correios suspendem paralisação em todo o país
Leilão em MS
Leilão tem desde iPhone, brinquedos até videogames
Humildade é tudo!
Garoto comemora aniversário de 4 anos com garis em Rondonópolis (MT)
Justiça
TSE determina: “Candidaturas laranjas” devem levar à cassação de toda a chapa
Campo Grande
Sujeira e buracos novos aparecendo no mesmo lugar
Sorte ou azar!?
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 120 milhões nesta quarta
Onde vai para este mundo!
Casal é preso suspeito de espancar até morte bebê de 1 ano e 7 meses em MS
Prova de fogo!
Bombeiros do DF devem chegar na quinta para reforçar combate aos incêndios em Mato Grosso do Sul
Aliado de Bolsonaro
Netanyahu volta a atacar árabes em discurso após eleições em Israel
Exclusivo
Executivo da Odebrecht que delatou Aécio Neves é encontrado morto