Menu
Busca Seg, 28 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Interior

Dourados: foi preso indígena que estuprou a mãe e espancou a irmã

24 abril 2020 - 09h27

Os crimes ocorreram na aldeia Bororó, onde Emiliano e as vítimas moram. Ele foi preso por homens da Força Nacional de Segurança Pública, que ajudam na segurança interna na reserva indígena de Dourados, onde moram pelo menos 15 mil pessoas.

Segundo a denúncia da família, Emiliano agrediu a mãe de 59 anos e a estuprou. A irmã saiu em defesa da mãe e também teria sido espancada.

Levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) para ser atuado em flagrante, Emiliano confessou as agressões, mas negou ter estuprado a mãe. Ele disse que bateu na mãe e na irmã porque estava bêbado.

A reserva de Dourados, formada pelas aldeias Bororó e Jaguapiru, enfrenta escalada da violência, influenciada principalmente pelo consumo de drogas e álcool. Ontem à tarde, foi encontrado o corpo de Nelson Velasques da Silva, 31, morador na Bororó. Ele estava desaparecido há 12 dias e foi morto a golpes de pedra e faca.

Fonte: AS

Com informações Campo Grande news

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Futebol
Após imbróglio judicial, Palmeiras e Flamengo empatam em 1 a 1
Política
Políticos e suas atitudes
Brasíl
Problemas na saúde de motoristas são causas de milhares de acidentes
Brasíl
Pandemia leva a queda de 66% no faturamento do turismo no Amazonas
Brasíl e Mundo
Reino Unido quer que estudantes possam voltar para casa no Natal apesar da Covid-19
Lotérica
Mega-Sena, concurso 2.303: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 60 milhões
Crise na Educação
Discriminação?
São Paulo
Covid-19: SP fará testes em professores e alunos da rede municipal Ao todo serão testadas 777 mil pessoas, diz prefeito
Corrupção
MPF denuncia cinco investigados na Operação Esquema S
Eleições 2020
TSE: em pronunciamento, Barroso pede cuidado com pandemia e fake news