Menu
Busca Ter, 07 de abril de 2020
(67) 9.9928-2002
Acidente aéreo

Dr Messias e três crianças estavam a bordo de avião, quando aconteceu o acidente que matou o piloto e uma criança e deixou os demais com fermento s graves

09 setembro 2019 - 08h20Por Plantão de Polícia

Uma criança, de aproximadamente 5 anos, ainda não identificada, morreu e outras duas pessoas ficaram feridas após a queda de um avião ultraleve, no fim da tarde deste domingo (8), em Ivinhema – distante 282 quilômetros da Capital. A aeronave pertence ao ex-delegado e atual vereador Messias Furtado.

 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o vereador era quem conduzia o ultraleve, que caiu por volta das 17h30 em uma chácara da cidade. As outras duas pessoas eram crianças, sendo que a menor não resistiu aos ferimentos.

Segundo apurado pela reportagem, Messias e a outra criança, de aproximadamente 12 anos, foram retirados do avião com auxílio de policiais militares que passavam pelo local e presenciaram a queda. Ambos tiveram aproximadamente 80% do corpo queimado após a aeronave pegar fogo por conta da queda, conforme o Corpo de Bombeiros.

delegado Messias não suportou e faleceu nesta manhã.

As causas da queda ainda serão investigadas. O dono do avião e a criança ferida foram levados para o Hospital Municipal de Ivinhem, depois  transferidos para Campo Grande.

local do acidente em Ivinhema

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Brasil registra 667 mortes por coronavírus e 13,7 mil casos
Paraguai
Ronaldinho Gaúcho vai para prisão domiciliar em Asunción
Capital
UPA Vila Almeida pegou fogo e suspendeu o atendimento
CEF
Governo começa a pagar auxílio emergencial de R$ 600 na quinta-feira
Brasil e Mundo
Japão declara emergência por covid-19 e pode fechar escolas e comércio
Brasil e Mundo
Cerca de 600 mil trabalhadores já se cadastraram para receber auxílio emergencial no Brasil
Senado da República
Apresentado projeto que amplia seguro desemprego para 10 meses.
Saúde
Covid-19: Brasil tem 553 mortes e 12 mil casos confirmados
Interior
Dourados: homem é assassinado com 30 tiros de pistola
Em três dias, Três assassinatos na cidade.
Política
A novela de Mandeta e Bolsonaro continuará com o "fico" no ministério da saúde.