Menu
Busca Dom, 20 de junho de 2021
(67) 9.9928-2002
INDIGNADOS

Família nega maus-tratos em caso de morte de idoso

17 maio 2018 - 15h49Por Valquíria Rodrigues
A família de Otacílio Bezerra, 81 anos, morto na manhã de ontem, nega que o idoso tenha sido vítima de maus-tratos, conforme suspeita da médica que o atendeu após internação no Hospital Auxiliadora, em Três Lagoas. 

A suspeita foi registrada no boletim de ocorrência policial, após médica responsável ter notificado o Instituto Médico Odontológico Legal (Imol) sobre várias lesões encontradas na cabeça do idoso, aparentando indícios de maus tratos. 

Conforme o site JP News, o cunhado da vítima relatou que a situação de maus-tratos não procede e que o idoso caiu quando foi ajudar a irmã. ?Eu levei almoço para eles, e em determinado momento, enquanto estavam só os dois, minha irmã pediu água, e quando o idoso veio com o copo caiu e machucou?, contou por telefone. 

A mulher teria saído para a rua e solicitado auxilio de moradores que ajudaram a levantar Otacílio e ligaram para o Corpo de Bombeiros Militar. Sobre as fraturas na cabeça do idoso, o cunhado explicou que Otacílio já havia caído outras vezes por conta do estado frágil de saúde e que a vítima já havia sido internada por conta de quedas anteriores. 

Nas redes sociais, além de familiares, amigos do idoso também se mostraram surpresos e indignados com a hipótese levantada pela médica.

O Caso

Otacílio José Bezerra, de 81 anos, morreu na manhã desta quarta-feira, 16, no Hospital Auxiliadora, em Três Lagoas, uma hora após ter sido internado. A suspeita é de que o idoso tenha sofrido maus tratos.

Para a polícia, o cunhado da vítima relatou que o idoso havia batido a cabeça após sofrer queda. Entretanto, devido ao tipo de lesão, policiais suspeitaram de maus-tratos. 

O idoso foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros de Paranaíba e levado para a Santa Casa da cidade, em seguida transferido para Três Lagoas. 

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Odontológico Legal (Imol), a pedido da médica responsável, que notificou o órgão sobre várias lesões encontradas na cabeça do idoso, aparentando indícios de maus tratos. 

O caso foi registrado como morte a esclarecer e encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia de Paranaíba e segue sob investigação.













violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Semana começa com restrições em 43 cidades do MS; confira o que pode e não pode
Mato Grosso do Sul
Última semana de outono será de tempo firme e temperaturas agradáveis em MS
UEFA Euro 2020
Veja a repercussão dos jornais internacionais do mal súbito de Eriksen em Dinamarca x Finlândia
Campo Grande
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
Tempo e temperatura
Domingo de tempo firme e temperaturas agradáveis em Mato Grosso do Sul
Geral
5 flores para plantar em junho e deixar seu jardim mais colorido
Mato Grosso do Sul
Secretaria de Estado de Saúde transfere mais quatro pacientes para São Bernardo do Campo nesta sexta-feira
Geral
Ford: R$ 10 milhões pelo ralo diariamente
Octógono
Douglas Lima é dominado por ucraniano e perde cinturão do Bellator
Tempo e temperatura
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados