Menu
Busca Sb, 22 de fevereiro de 2020
(67) 9.9928-2002
Ponta Porã

Homem descumpre Medida Protetiva, diz que vai cortar cabeça da mulher e é preso em Ponta Porã

Fato aconteceu em uma residência localizada no Bairro Residencial Ponta Porã II

17 agosto 2019 - 11h30

Na manhã de sábado (17/8) por volta das 10h45min, a Polícia Militar foi acionada para deslocar até uma residência localizada no Bairro Residencial Ponta Porã 2, a fim de atender ocorrência de violência doméstica, ameaça e descumprimento de medida protetiva.

No local os militares foram recepcionados pelo autor (homem, 59 anos) que negou a realização de ameaças. Logo após chegaram na residência o comunicante (filho, 32 anos) e sua genitora (vítima, 57 anos), a qual relatou estar recebendo ameaças desde às 2h da manhã de hoje, sendo que o autor dizia: "EU VOU CORTAR SUA CABEÇA, VOCÊ ROUBOU MEU DINHEIRO, VOU TE MATAR".

Momento em que o comunicante chegou na residência por volta das 07h, após o trabalho noturno e o autor ainda continuou importunando ambos e agora em posse de uma arma branca (faca).

A vítima e o comunicante conseguiram sair do local e denunciar a violência que estava acontecendo, pois o autor havia descumpriu a medida protetiva.

Diante dos fatos o autor recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia.

Com informações, Ponta Porã Informa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Reuters se junta ao Facebook no combate à desinformação na rede social
Geral
Quase mil passageiros desembarcam do navio afetado pelo coronavírus
Carnaval
Escolas de samba movimentam economia durante todo ano no Rio
Geral
Julgamento de Assange começa na segunda-feira
Politica ou Politicagem ?
Solidariedade expulsa vereador que liderou motim da PM no Ceará
Ceará
Carnaval é cancelado no Ceará
Política
Guru do presidente está internado nos Estados Unidos
Fronteira
Operação Alba: 10 pessoas foram presas nesta madrugada em PJC
Polícia
ABRAJI informa que pistolagem usou a mesma arma para jornalista e outras pessoas
Ceará
Reforço de segurança nacional e exército chega ao Ceará