Menu
Busca Qui, 20 de junho de 2019
(67) 9.9928-2002
Facção criminosa

Itaporã e a tragédia vista por uma mãe

13 junho 2019 - 11h30

Quatro suspeitos de matarem Anderson Martins dos Reis, 33, na frente da mãe dele, ontem à noite em Itaporã, a 227 km de Campo Grande, foram presos na manhã desta quinta-feira (13) em Dourados. Eles seriam integrantes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) e teriam praticado o crime simplesmente porque a vítima falou que era simpatizante do Comando Vermelho.

Ao Campo Grande News, o delegado Rodolfo Daltro, chefe do SIG (Serviço de Investigações Gerais), informou que os quatro suspeitos foram presos no Jardim Santo André, região sul de Dourados, em ação da Polícia Civil com apoio da Polícia Militar. O revólver calibre 38 e a faca, usados no assassinato, foram apreendidos. Um quinto indivíduo foi preso durante as investigações, mas por porte ilegal de arma.

Estão presos o campo-grandense Alex Sander Mayer, 29, o “Caçador de Alma”, condenado por tráfico e foragido da Justiça; Harison Albert Sabino Souza, 36, o “Negão”, Miguel Augusto Souza dos Santos, 21, o “XT”, e Kaio Cezar Cardoso Nunes, 19, o “Coringa”.

O crime – Por volta de 21h30 desta quarta-feira, Anderson estava sentado em frente à casa onde morava com a mãe, no bairro Coemat. Ele assistia a vídeos no celular quando os bandidos chegaram em um Celta preto e dispararam pelo menos cinco tiros, mas não atingiram o alvo.

Anderson entrou na casa correndo, pediu para a mãe trancar as portas e se escondeu no banheiro. Os bandidos arrombaram a porta e mataram o homem a facadas. A mãe assistiu à execução do filho, que em Itaporã era conhecido como “Dê”. (Colaborou Adilson Domingos)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fronteira sangrenta
A população está órfã de Segurança Pública no ME
Preocupação com segurança de dados é a maior em 10 anos
São e salvo
Piloto sequestrado durante roubo de avião é localizado em cidade de MT
COPA AMÉRICA
Messi faz de pênalti, mas Argentina só empata com o Paraguai e é lanterna
POLÍTICA
Moro: "Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio"
POLÍTICA
A traição e a volta por cima de Alcides Bernal
POLÍTICA
Após tensão com a Câmara, Guedes 'perde' a Previdência para Maia
FAMOSOS
Morre Rubens Ewald Filho aos 74 anos
INTERIOR
Piloto sequestrado com avião em MS já foi preso pela PF por tráfico de drogas
SKOL testa carrinho de compras que auxilia pessoas cegas nos supermercados